Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente deixa o cargo no lnter, mas nega atrito com Falcão

Newton Drummond pediu para sair do clube, mas não confirma que esteja acertado com o Fluminense

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Newton Drummond, ex-diretor executivo do Inter, confirmou que está deixando o clube. O dirigente convocou uma entrevista no estádio Beira-Rio para oficializar a decisão e negar boatos. Um deles seria que ele teria se desentendido com o técnico Falcão.

“O prazo de validade estava se esgotando, tinha previsto com a família que sairia neste ano. Quero buscar desafios e entrar no mercado, mas algumas coisas fizeram que eu antecipasse. Não houve briga com treinador, escalação de time. Sempre tive relacionamento harmônico com todos os treinadores”, explicou.

O dirigente estava no clube desde 2002. Fez parte do grupo de dirigentes, liderados pelo ex-presidente Fernando Carvalho, que reergueram o clube e o conduziram para a conquista de 14 títulos, incluindo duas Libertadores (2006 e 2010) e um Mundial de clubes (2006).

“Naquela época não ganhávamos nem Gre-Nal. Fiz parte dessa história transformando o Inter no maior clube do Brasil e da América do Sul. Deixo um espaço importante no Internacional. O clube não pode abrir mão dessa função. Terá que achar alguém”, disse.

O Internacional tem a ideia de não pagar “salário de jogador” para um dirigente. Drummond acha que o mercado está valorizado e decidiu tentar novos desafios. A ideia é buscar a reposição dentro do próprio clube, sem fazer um grande investimento. O dirigente completou que não tem proposta de outro clube, embora seu nome tenha sido especulado pelo Fluminense.

“Não tenho proposta de outro clube, não estou indo para o Fluminense, não quer dizer que não possa ir, mas não recebi proposta. Estou saindo por achar que era o momento”, completou.

Leia tudo sobre: InternacionalNewton DrummondFluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG