Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Dirigente confirma interesse do Botafogo por Fabrício e Mithyuê

Clube carioca procura opções para a saída de Lucio Flavio e a lesão de Maicosuel, que volta em maio

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O Botafogo segue buscando um meia para reforçar a equipe na primeira parte da temporada de 2011. Com a saída de Lucio Flavio e a lesão de Maicosuel, que só volta a jogar em maio, o clube conta apenas com Renato Cajá para a posição de meia-armador. Por isso, o vice-presidente de futebol do Botafogo, André Silva, confirmou que a equipe está tentando a contratação de duas apostas: Mithyuê e Fabrício.

"São dois jogadores que tem um potencial muito grande. Como estamos contando somente com o Renato Cajá estamos procurando outros jogadores no mercado. A situação do Everton ainda não resolvida e acredito que os dois atletas têm um bom perfil. Eles são ofensivos e ainda também ajudam na marcação. Estamos trabalhando para trazer um deles ou até mesmo ambos. O Joel vai acabar definindo”, disse o vice de futebol André Silva.

Mithyuê foi revelado pelo Grêmio e atuou pelo Atlético-PR no último Campeonato Brasileiro, emprestado. Já Fabrício pertence ao Corinthians e estava no elenco do Juventude, que caiu para a Série D do Campeonato Brasileiro em 2010. Ambos chamaram a atenção da diretoria por serem jovens e terem um valor relativamente baixo. André Silva também lamentou a falta de bons meias no mercado.

"Acho que hoje, no Brasil, existe muita dificuldade para encontrar um meia. Mesmo na nossa categoria de base tem alguns prontos pra subir, como é o caso do volante Lucas Zen, do zagueiro Gérson, do lateral-esquerdo Guilherme, mas meia mesmo não é tão fácil. Esses dois nomes agradaram muito, o material que acompanhamos é excelente e a gente acha que são jogadores que podem despontar aqui no Botafogo", explicou o dirigente.

Além de Fabrício e Mithyuê, o Botafogo também segue na briga pelo meia Everton. O jogador está no Tigres, do México. O clube aceita emprestar o meia para uma equipe brasileira, mas está pedindo um valor alto para cedê-lo por um ano. A negociação deve ser definida até o final desta semana.
 

Leia tudo sobre: futebolbotafogomercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG