Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diretoria muda discurso e vê Ricardo Oliveira longe do Morumbi

São Paulo já está em busca de um substituto, pois conta apenas com Fernandinho, Fernandão, Dagoberto e o jovem Lucas Gaúcho para o ataque

Gazeta Esportiva |

Embora o diretor de futebol João Paulo de Jesus Lopes tenha se mostrado otimista com a renovação do empréstimo de Ricardo Oliveira parece que a situação mudou. Nesta terça-feira, em entrevista à "Rádio Globo", o vice Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco, afirmou que o Al-Jazira não deve liberar o atacante novamente.

O clube árabe só quer negociar o ex-jogador do Milan de forma definitiva, e pede cerca de 7,5 milhões de euros, pouco mais da metade dos 14 milhões de euros que o time investiu para tirá-lo do Betis. "É um valor elevado. Eles já não se mostram mais dispostos a emprestar o jogador", lamentou.

Mesmo tendo realmente ficado mais difícil a permanência do atacante no Morumbi, Leco informou que a diretoria vai retomar as negociações ano que vem, já que Ricardo Oliveira está em férias. "O desejo dele era ficar, mas agora estamos sem contato direto. Pode ser que voltemos a conversar em 4 de janeiro ou em situação especial", contou.

Com Oliveira mais longe, o São Paulo já está em busca de um substituto, pois conta apenas com Fernandinho, Fernandão, Dagoberto e o jovem Lucas Gaúcho, que vai perder o início da temporada por estar com a seleção brasileira sub-20 para a disputa do Campeonato Sul-americano. "A gente está atento para o mercado, sim", confirmou.

Leia tudo sobre: futebolmercado da bolasão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG