Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diretoria do Cruzeiro faz apelo para jogar Libertadores em Sete Lagoas

O regulamento da competição Sul-americana prevê que os estádios tenham capacidade igual ou superior a 20 mil pessoas. A Arena do Jacaré comporta apenas 19.834 torcedores

Gazeta Esportiva |

A diretoria do Cruzeiro trabalha nos bastidores, na tentativa de conseguir da Administração de Estádios de Minas Gerais (ADEMG) a inclusão de mais 166 lugares na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Com o acréscimo dessas cadeiras, o Cruzeiro poderia jogar a Libertadores mais perto da torcida. O regulamento da competição Sul-americana prevê que os estádios tenham capacidade igual ou superior a 20 mil pessoas.

A Arena do Jacaré comporta 19.834 torcedores, chegando a 20 mil, o Cruzeiro poderia disputar a Libertadores em Sete Lagoas, até a fase semifinal. De acordo com a Conmebol, os jogos da final devem ser realizados em estádios com capacidade superior a 40 mil expectadores. O diretor de futebol do Cruzeiro, Dimas Fonseca, já fez o pedido a ADEMG para que a situação seja solucionada o quanto antes.

O diretor geral da ADEMG Coronel, José Eustáquio Natal, tranqüilizou a diretoria e a torcida celeste, garantido que as cadeiras serão colocadas e o estádio estará liberado para os jogos do Cruzeiro na Libertadores. Segundo o diretor, as cadeiras já estão no estádio, e agora só falta encontrar uma forma para a instalação, sem comprometer a segurança dos torcedores.

Com o segundo lugar no Brasileirão o Cruzeiro garantiu vaga direta para o grupo 7 da Libertadores. Os celestes vão enfrentar o Guaraní do Paraguai, uma equipe argentina, que pode ser o Vélez ou o Estudiantes - quem for campeão argentino vai para o grupo do Cruzeiro. A outra equipe da chave sai do confronto entre Corinthians e um time colombiano.

 

Leia tudo sobre: copa libertadorescruzeiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG