Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diretoria do Botafogo pede saída de chefe da comissão de árbitros

Clube se sentiu prejudicado em eliminação na Copa do Brasil e divulgou nota criticando Sérgio Correa

iG Rio de Janeiro |

A diretoria do Botafogo pediu nesta sexta-feira a saída do presidente da comissão de arbitragem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Sérgio Corrêa. O clube se sentiu prejudicado no empate contra o Avaí, 1 a 1, que eliminou o time da Copa do Brasil na quarta-feira, em Florianópolis. O Botafogo questiona o pênalti contra marcado pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro, que originou o gol de empate da equipe catarinense.

Em nota oficial, o Botafogo diz que fez um levantamento de que nos últimos três anos é o clube mais prejudicado por erros de arbitragem. O clube não mostrou dados para comprovar a tese. Depois da partida, os jogadores botafoguenses e do Avaí trocaram socos e pontapés e Ribeiro teve que ser protegido por policiais. Sérgio Corrêa e a CBF ainda não comentaram a nota botafoguense.

Leia abaixo a nota na íntegra:

"Nos últimos anos, as arbitragens das competições nacionais têm sido alvo de críticas incontestáveis e justas por parte da grande maioria dos dirigentes dos clubes brasileiros, como reconhecido pelos meios de imprensa esportiva.

Levantamentos efetuados por reportagens especializadas mostram que o Botafogo tem sido nos últimos três anos o clube mais prejudicado quando este assunto é abordado.

Como postura, a Direção do Botafogo tem adotado um discurso de serenidade em relação ao tema. Entretanto, no limite do aceitável e do compreensível, depois do lamentável erro de arbitragem no jogo de volta contra o Avaí pela Copa do Brasil - a não marcação de um escanteio claro a favor do Botafogo e na sequência uma penalidade inexistente -, que decidiu o futuro do Botafogo na competição, algumas perguntas se fazem necessárias:

- O que, afinal, o Sr. Sérgio Corrêa faz no comando da arbitragem brasileira?

- Quais as mudanças na preparação dos árbitros efetuadas pelo Presidente da Comissão que tem qualificado a arbitragem nacional?

- Será que todos os dirigentes esportivos estão equivocados em suas reclamações e apenas o Sr. Sérgio Corrêa tem razão em suas explicações inúteis e pueris?

Transformações profundas na preparação da nossa arbitragem devem ser efetuadas e elas passam obrigatoriamente pela mudança no seu comando. O atual Presidente desta Comissão, Sr. Sérgio Corrêa, tem se mostrado incapaz de ajudar neste processo. Já passou da hora de pessoas capacitadas, preparadas e com experiência comprovada no tema assumirem a responsabilidade por esta transformação.

A arbitragem brasileira não merece ser tratada de forma amadora como tem sido pelo Presidente de sua Comissão Nacional. Efetivamente, não são apenas 30 minutos de uma palestra infrutífera em uma sala de hotel na Barra da Tijuca, antes do inicio do Campeonato Brasileiro, que fará esta transformação.

A Direção do Botafogo lamenta a reincidência de erros grosseiros e mais ainda a forma como a arbitragem nacional tem sido conduzida e coordenada ao longo dos últimos anos"
 

Leia tudo sobre: BotafogoCopa do BrasilCBF

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG