Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diretores pedem demissão e Atlético-PR entra em crise

Após a saída de Ocimar Bolicenho, dirigentes Valmor Zimermann e Ademir Adur também deixam o clube

Leonardo Fagundes, iG Curitiba |

O Atlético-PR está sem comando no departamento de futebol. Na manhã desta quinta-feira, o clube confirmou o desligamento dos diretores Valmor Zimermann e Ademir Adur. Os dois juntam-se a Ocimar Bolicenho, que pediu demissão do cargo de gerente de futebol, no início da semana.

“Quando retornaram ao Atlético Paranaense, na condição de dirigentes nomeados, Valmor Zimermann e Ademir Adur se comprometeram a desempenhar suas respectivas funções até o final da temporada 2010. O prazo venceu, mas acatando a um pedido da Presidência, ambos permaneceram ajudando o Atlético até o término do Campeonato Paranaense deste ano”, informou a nota oficial publicada no site do Atlético-PR.

AE
Elton chega junto em Madson, ex-Vasco, na Arena da Baixada, durante o empate em 2 a 2 nesta quarta-feira

Rumores sobre a possível saída dos dois dirigentes rondavam a Baixada desde o início do ano. O fraco desempenho no Campeonato Paranaense e a perda do título para o Coritiba em plena Arena pressionaram ainda mais os diretores atleticanos.

Com eleições no clube no final do ano, o clima anda quente na Baixada. A oposição vem pressionando a atual diretoria, cobrando resultados. Na noite de quarta-feira, após o empate com o Vasco em 2 a 2 pela Copa do Brasil, uma dirigente do Atlético chegou a discutir com um dirigente vascaíno, alegando que a comemoração do atacante Alecsandro foi para provocar os atleticanos.

O jogador é filho de Lela, ídolo do rival Coritiba nos anos 80, e imitou a tradicional careta do pai ao celebrar seu gol.

Com o departamento de futebol atleticano sem comando, especula-se que o ex-jogador Paulo Rink, o ex-técnico da seleção brasileira Carlos Alberto Parreira e até mesmo Zico poderiam pintar no CT do Caju. Porém, com o mandato da atual diretoria terminando no final do ano, será difícil achar um profissional para o cargo, que exige trabalho a longo prazo.

Leia tudo sobre: Atlético-PRCopa do Brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG