Valdir Barbosa disse para Kalil se preocupar com seu time e tomar cuidado para não cair no Brasileiro

Durante a semana que antecedeu o clássico, as diretorias de Cruzeiro e Atlético-MG trocaram algumas farpas. Depois da conquista do título sobre o maior rival , o gerente de futebol do Cruzeiro, Valdir Barbosa, elevou o tom e provocou ainda mais o presidente atleticano, dizendo para ele tomar cuidado para que seu time não seja rebaixado no Campeonato Brasileiro.

Valdir Barbosa disse, na última segunda-feira, que “o raio não cai três vezes no mesmo lugar”. Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG, disse que não responderia a nenhum “empregado” e chamou o cartola cruzeirense de “lacaio”.

nullAo final da partida, Valdir Barbosa retrucou as declarações de Kalil. “Tem um sabor diferente. Próprios jogadores do Atlético nos provocaram gritando Once Caldas depois da Libertadores . Titulo incontestável esse agora. Na segunda-feira, elogiei o Atlético, mas disse que o raio não cai três vezes no mesmo lugar. Kalil disse que não responde empregado, me chamou de lacaio. Sou empregado, com 31 anos de futebol. Vivo do meu salário e não é demérito para ninguém. Tudo que tenho está declarado no meu Imposto de Renda. Sou empregado e dos bons. Kalil tem que parar de preocupar com o Cruzeiro e montar time para ganhar, sem montar time de sofá. Quando entramos para jogar, deu no que deu. Então Kalil, aprenda a montar time. Como você vai distrair sua torcida até o final do ano? Agora é Brasileiro. Segura para não cair (no Brasileiro)”, disse Valdir Barbosa

Veja as melhores fotos do jogo e da comemoração do Cruzeiro


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.