Edu Gaspar está otimista em relação à chegada do jogador do Spartak Moscou, que brilhou no Internacional

O diretor de futebol do Corinthians , Duílio Monteiro Alves, está em Moscou, na Rússia, para tentar fechar um acordo com o meia Alex, do Spartak. E segundo o gerente de futebol do clube, Edu Gaspar, há uma grande possibilidade de o acordo ser fechado nos próximos dias.

Alex comemora gol pelo Spartak Moscou
Reuters
Alex comemora gol pelo Spartak Moscou
"Só falta os homens assinarem", disse Edu, logo após os treinos desta tarde no CT do Parque Ecológico. "As coisas estão indo muito bem, não é que esteja apalavrado, mas estamos otimistas".

Também nesta quarta-feira, o Corinthians informou ter enviado uma proposta oficial pelo meia holandês Seedorf , do Milan.

O Corinthians está interessado em Alex desde o final do ano e agora está perto de um acordo. O clube russo pediu 7 milhões de euros (R$16,1 milhões) ao Corinthians. Na negociação, o time paulista ofereceu 5 milhões e acabou acordando em pagar 6 milhões de euros (R$ 13,7 milhões) pelo jogador de 29 anos. Seu contrato com o Spartak é válido até dezembro de 2013.

"Esses valores ainda não estão fechados, têm alguns detalhes para serem acertados, mas de qualquer forma a gente espera segurar para fazer qualquer anúncio antes da final de domingo", disse Edu. A ideia do clube é que a partir de segunda os acordos que a diretoria vêm fazendo com possíveis reforços sejam anunciados.

"O ideal seria esperar o Paulista acabar e não deixar vazar nada antes. Vamos esperar", disse Edu.

Outro jogador que interessa ao Corinthians, o atacante André, ex-Santos, e que está emprestado pelo Dínamo de Kiev ao Bordeaux, da França, também teve conversas com diretores do clube, mas por enquanto, um acordo está distante segundo Edu.

"Esse assunto está parado por causa das finais do Paulista. Mas está mais distante do que pensam", disse. O Corinthians já apresentou contrato ao jogador revelado na Vila Belmiro mas não conseguiu dobrar o clube ucraniano a liberá-lo por empréstimo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.