Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diretor do Atlético-MG afirma que Cambalhota vai brilhar no clube

Eduardo Maluf, diretor de futebol do Atlético-MG, descreve como fenomenal os últimos três anos do atleta

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Reprodução Site oficial do Kashima Antlers
Marquinhos Cambalhota em ação pelo Kashima Antlers, onde jogou até dezembro de 2010
O atacante Marquinhos Cambalhota, de 34 anos, foi confirmado como o 15º reforço do Atlético-MG para 2011. O jogador já está no Brasil e deve se apresentado na Cidade do Galo nesta terça-feira. Contratado pelos dois próximos anos, Cambalhota fez parte das conversas dos torcedores de Minas Gerais, atleticanos ou não. Desconhecido por grande parte de quem acompanha o futebol nacional, o atacante também chega pressionado pelo fato de ter 34 anos.

Grande responsável pela contratação de Marquinhos Cambalhota, o diretor de futebol do Atlético-MG, Eduardo Maluf, afirma que a chegada do jogador pode ser colocada em sua conta. Ex-diretor do Cruzeiro e responsável pela contratação de Marquinhos Paraná, Maluf afirma que a situação é semelhante. Paraná chegou ao Cruzeiro sob desconfiança da torcida e foi vaiado no primeiro jogo, apenas por ter idade superior aos 30 anos e ser desconhecido.

Ambos passaram pelo futebol japonês antes do desembarque em Belo Horizonte. Com vantagem para Marquinhos Cabalhota, que conquistou muito mais títulos no Japão, sendo artilheiro e até mesmo melhor jogador da J-League (Campeonato Japonês).

“Puxo para mim a responsabilidade pela contratação do Marquinhos Cambalhota. Nos últimos três anos, ele é o maior fenômeno do futebol japonês. É o maior goleador do Kashima Antlers. Procurem saber quem é o jogador. É o maior jogador brasileiro no Japão nos últimos cinco anos. Conversei com o técnico Oswaldo Oliveira, em quem confio. Quando eu busco e indico alguém para o presidente, assumo a responsabilidade. Não dá para falar que é uma contratação ruim. Tenho o desafio de fazer do Atlético-MG um time vencedor e vou fazer”, disse Eduardo Maluf, em entrevista à Rádio Globo.

Questionado sobre Marquinhos Cambalhota na sexta-feira, o técnico Dorival Júnior adotou a postura do silêncio. O treinador do Atlético-MG só comenta sobre jogadores confirmados pela diretoria. Se antes da partida contra a Caldense ele não falou do seu 15º reforço, depois ele fez muitos elogios a Cambalhota.

“É um atacante que jogou muito tempo fora do país, disputou o Campeonato Japonês e foi muito efetivo em todos esses anos lá. Ele sabe fazer gols e é um jogador muito participativo, apesar da idade. É isso o que nós queremos, a negociação foi concretizada e eu espero que ele repita aqui o que fez lá, gols e conquistas nacionais. É um atleta de muito valor”.

Leia tudo sobre: Atlético-MG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG