Atacante se machuca em choque com Tinga durante o clássico contra o Corinthians no último domingo

No primeiro dia de treinamento após o clássico contra o Corinthians, o Palmeiras recebeu mais uma notícia ruim. O atacante Dinei teve uma fratura no quadril e ficará pelo menos três meses afastado dos gramados.

A contusão aconteceu durante o jogo do último domingo, em um choque com o seu companheiro de time, Tinga. Segundo o médico Vinicius Martins, esse problema é raro e muito grave para o atleta.

“O Dinei, no último jogo, teve um acidente com o Tinga e teve uma lesão grave no quadril. Ele saiu do jogo e, após os exames, foi constatada uma fratura na região do quadril direito, no rebordo posterior do acetábulo direito e isso é uma fratura grave. Ele fica afastado das atividades de treino e de jogo por pelo menos três meses”, disse o médico, que completou:

“Eu nunca vi isso em um atleta. Essa é uma lesão de alta energia, comum em acidente de moto de carro e moto”, explicou.

Dinei tenta jogada de cabeça no jogo contra o Paulista
Futura Press
Dinei tenta jogada de cabeça no jogo contra o Paulista

Vinicius diz que não houve desvio na fratura e que nos próximos 15 dias ele ficará sem pisar e sem fazer nenhum esforço. Depois disso, Dinei fará uma nova tomografia, para ver se o fragmento não sofreu desvio, pois isso pode causar uma instabilidade ou uma luxação completa.

Tinga, o outro jogador envolvido no choque, reclamou apenas de dores no entorse do tornozelo esquerdo, mas nada tão grave.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.