Atual presidente marcou entrevista coletiva em que, provavelmente, anunciará desistência da reeleição

Agência Senado
Perrella tomou posse no Senado e isso teria pesado na decisão de não continuar na presidência do Cruzeiro
O presidente do Cruzeiro , Zezé Perrella, marcou para às 16h dessa sexta-feira, uma entrevista coletiva na sede do clube mineiro. Na ocasião, o cartola provavelmente anunciará oficialmente que desistiu de se candidatar à reeleição nas eleições de outubro. A decisão apontaria para o fim da chamada "dinastia Perrella" no clube, que vigora desde 1995 com o revezamento dos irmãos Alvimar e Zezé.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

As razões para a desistência de Perrella de permanecer no cargo serão esclarecidas na coletiva. Mas tudo indica que a forte rejeição da torcida (que protestou durante a semana na frente da sede no Barro Preto e também no jogo contra o Flamengo) tenha pesado. Outro fator é que Perrella assumiu a vaga do falecido ex-presidente Itamar Franco no Senado e estaria sem tempo para se dedicar ao clube mineiro.

Apesar de sair do cargo, Perrella deve deixar um sucessor de sua confiança. O atual vice-presidente do clube, Gilvan de Pinho Tavares é o nome mais forte para assumir a presidência, sem que haja uma oposição forte para fazer frente à chapa.

Histórico

Zezé Perrella assumiu o Cruzeiro em 1995 no lugar de César Masci e ficou até 2002, quando foi sucedido pelo seu irmão, Alvimar, que ficou no cargo até 2008. Depois disso, Zezé voltou a assumir o cargo e comandou o clube até os dias atuais. O presidente é tido como um dos mais vitoriosos da história do time, com muitos títulos na década de 90 e início dos anos 2000.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.