Presidente avalia temporada, fala em reforços para o Brasileiro e exige Copa do Brasil para o ano ficar marcado

O sorriso escancarado, marca registada de Roberto Dinamite, denota o que os vascaínos sentem nesta segunda decisão de Copa do Brasil. O presidente do clube, além da proximidade com o título inédito, tem motivos políticos para fazer da campanha de 2011 sua bandeira visando à reeleição – o pleito foi adiado e deve acontecer nos últimos dias de julho. Em seu terceiro ano de mandato, ele, pela primeira vez, terá a chance de disputar um título da Série A. E nacional ainda por cima.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Depois de assumir o clube em meados de 2008 e cair para a Segunda Divisão do Brasileiro, Dinamite conta que este ano pôde planejar melhor a montagem do elenco. Mas nada teria dado certo não fosse a chegada de Ricardo Gomes, conta. Acompanhe, a seguir, trechos do discurso de um eufórico, porém ponderado, Roberto Dinamite logo após a vitória de 2 a 0 sobre o Avai :

A 90 minutos de um título na Série A

Sei que fomos longe, mas não conquistamos nada ainda. O Vasco está a dois jogos de um título importante, então vamos pensar passo a passo. Sabemos que o Vasco tem um time forte? Sabemos. Sabemos que o Vasco tem jogadores experientes a ponto de decidir uma partida ou até mesmo decidir um título? Sabemos. Mas não vamos nos precipitar. Temos que respeitar o Coritiba , que vem de um grande momento e também está trabalhando sério em busca desta conquista.

Uma temporada diferente das anteriores

Este ano, o Vasco montou um elenco forte porque foi possível (refere-se aos novos contratos e parcerias ). Tivemos a sorte de trazer o Ricardo (Gomes, treinador) e o time encaixar. A vinda de jogadores experientes contribuiu para isso também. O time se acertou e agora estamos em uma final. Já estivemos em outra ( Taça Rio ), isso prova que o trabalho está sendo bem feito. Hoje pude assistir à preleção do Ricardo com os jogadores e vi o quanto ele conscientizou o grupo da importância de se jogar com garra hoje aqui. Vi que o time entrou acreditando que a vitória era possível. O Vasco vive um momento muito bom.

Reforços

A vontade do Vasco é sempre estar querendo melhorar. Sempre querendo se reforçar. Vamos fazer isso para o Brasileiro, trazendo um ou outro jogador. A decisão aqui é tomada pelo treinador e pelo diretor-executivo (Rodrigo Caetano). Já se conversou sobre reforços e queremos um Vasco mais forte. De uma maneira geral, a gente pensa em trazer jogadores que ajudem a tornar o Vasco mais forte. Nesta lista, passam um zagueiro e um lateral (direito).

Título para fazer história

A hora de fazer história é agora. Não adiante o Vasco contratar vários jogadores como foi feito este ano, trazer um treinador competente e quando chega na hora de decidir nada acontece. O que um jogador e o clube marcarem época são títulos. Então, o Vasco está em uma final de Copa do Brasil. Se formos campeões, todo mundo entra para a história. Um título valoriza e representa o sucesso para todo mundo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.