Meia vascaíno procurou treinar forte durante o período em que ficou fora para voltar em alto nível

Diego Souza está de volta ao Vasco . Depois de ficar fora da equipe duas rodadas, o camisa 10 está confirmado no compromisso deste domingo, em Ipatinga, pelo Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-MG . Contratado a peso de ouro – é hoje o maior salário do elenco, R$ 280 mil -, decepcionou após a conquista da Copa do Brasil e foi parar no banco de reservas. Nas duas semanas em que ficou fora, o trabalho foi a sua resposta. Diego treinou duro para impressionar o técnico Ricardo Gomes.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Resignado, o meia disse não ter deixado se abalar com a perda da posição. “Trabalhei forte, trabalhei normal, procurei melhorar meu condicionamento físico. Jogar em equipe grande tem isso. São jogadores de qualidade, enquanto um joga, o outro espera. Só podem jogar 11. Tem sempre três ou quatro na mesma posição”, comentou o meia.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

Diego perdeu a posição para Bernardo. Mas, com a suspensão de Felipe e a saída de Juninho, poupado, abriu espaço para o camisa 10 retornar ao time. Segundo Ricardo Gomes, o meia voltaria de qualquer forma, já que seu esforço fora reconhecido pelo comandante . Diego treinou sozinho muitas vezes depois das atividades.

“Não fiquei chateado. Procurei me aperfeiçoar e melhorar no meu dia a dia de trabalho, para quando tivesse outra oportunidade procurar render e permanecer (na equipe). Este é o meu pensamento”, disse o meia.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.