Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diego Souza brilha contra ex-clube e garante vitória do Vasco

Meia, que defendeu o Atlético-MG antes de chegar ao Rio de Janeiro, marcou duas vezes e foi o nome da partida

Frederico Machado, iG Belo Horizonte |

A estratégia do Atlético-MG de mandar sua partida em Ipatinga não deu certo nesse domingo. O time mineiro perdeu para o Vasco por 2 a 1, com dois gols do ex-atleticano Diego Souza. O resultado poderia ser mais elástico, já que o time carioca perdeu um pênalti na segunda etapa com Alecsandro, defendido por Geovanni.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e o iG Vasco no Twitter e receba notícias do time em tempo real

Os gols da partida foram marcados por Diego Souza (duas vezes), que reencontrou seu ex-clube, e por Magno Alves. Na segunda etapa, o Vasco partiu para o ataque e, além do pênalti perdido, acertou duas bolas na trave mineira. O resultado frustrou a torcida atleticana, que compareceu em bom número ao Ipatingão.

Entre para a Torcida Virtual e chame seus amigos

null

O jogo

Caio foi quem tentou pela primeira vez e, de fora da área, obrigou Fernando Prass a trabalhar. Empurrado pela sua torcida no Vale do Aço, o Atlético-MG tinha maior presença ofensiva. Patric recebeu cruzamento e o goleiro vascaíno novamente evitou o gol.

Quando o adversário era melhor, o Vasco mostrou eficiência no ataque. Depois de cruzamento pela direita, Diego Souza, ex-Atlético-MG, subiu com estilo e cabeceou para vencer o goleiro Geovanni.

Jonatas Obina tentou empatar de bicicleta, mas errou o alvo. Mas a igualdade foi conquistada ainda na primeira etapa. Em um lance de genialidade de Daniel Carvalho, o meia deu um toque de calcanhar para deixar Magno Alves sozinho na frente do gol. O atacante bateu por baixo de Fernando Prass para deixar tudo igual.

O segundo tempo começou com polêmica. Rômulo cabeceou e acertou o travessão de Giovanni. A bola quicou em cima da linha e os cariocas ficaram pedindo o gol, mas o juiz mandou o jogo seguir. O Vasco pressionava, e Alecsandro acertou a trave em nova cabeçada.

Em novo lance duvidoso, o juiz assinalou pênalti para o Vasco quando Réver tentou interceptar uma jogada com o ombro. Na cobrança, Alecsandro bateu e Giovanni defendeu com a perna. Já no final da partida, Leonardo Silva cometeu falta fora da área em Bernardo e o juiz assinalou nova penalidade.  Diego Souza foi para a cobrança e assegurou a vitória com categoria. Ao final da partida, os atleticanos partiram para cima do juiz para reclamar das penalidades marcadas.
 

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-MG 1X2 VASCO
Local: Ipatingão, em Ipatinga (MG)
Data: 24 de julho de 2011, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Moisés Aparecido de Souza (PR) e Anderson J.M.Coelho (SP)
Renda: R$ 71.977,00
Público:
16.100 pagantes
Cartões amarelos: Patric, Serginho, Leonardo Silva, Réver e Guilherme Santos (ATL); Anderson Martins, Eduardo Costa (VAS)

Cartão vermelho: Leonardo Silva (ATL)

Gols:
Vasco: Diego Souza, aos 17 minutos do primeiro tempo e aos 46 minutos do segundo tempo
Atlético-MG: Magno Alves, aos 40 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Richarlyson, Leonardo Silva e Réver; Patric, Serginho, Caio (Renan Oliveira), Daniel Carvalho (Mancini) e Guilherme Santos; Magno Alves e Jonatas Obina (Neto Berola).
Técnico: Dorival Júnior

VASCO: Fernando Prass; Fágner, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca; Rômulo, Eduardo Costa (Jumar), Julinho (Bernardo) e Diego Souza; Alecsandro (Elton) e Eder Luis.
Técnico: Ricardo Gomes
 

Leia tudo sobre: Atlético-MGVascoBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG