Tamanho do texto

Dorival Júnior ainda não definiu qual esquema tático vai utilizar, mas no primeiro coletivo do ano, treinador usou o 4-3-3

Com o ritmo puxado da pré-temporada do Atlético-MG, o armador Diego Souza espera atingir o condicionamento físico ideal para voltar a atuar em alto nível. O atleta foi contratado pelo time mineiro em junho passado, mas não conseguiu repetir as boas atuações da época de Palmeiras. Agora o jogador aposta que com o tempo necessário para a preparação, terá condições de brigar por uma vaga de titular.

"Toda vez que tenho uma pré-temporada completa, meu ano é muito proveitoso. Isso foi desde a época do Grêmio, em 2007, até 2009, quando me mantive no topo. Fiz pré-temporada, um trabalho especifico e consegui render bem. Ano passado não foi o esperado, tiveram pressa para eu estrear e acabou dificultando, porque eu não estava preparado", declarou o atleta.

Diego Souza não esconde que aguarda com ansiedade o momento da estreia. "A gente vem trabalhando muito forte nestas duas semanas e esperando que este jogo chegue logo. A gente está sempre querendo jogar, porque a gente sabe como é difícil o dia a dia de trabalho, tem que ralar bastante mesmo. A gente vai procurar fazer isso aqui para quando chegar na hora do jogo, estarmos preparados e conseguir render o esperado", disse.

O técnico Dorival Júnior ainda não definiu qual esquema tático vai utilizar, mas no primeiro coletivo do ano, o treinador usou o 4-3-3, o que pode ser um indício que essa será a opção do comandante alvinegro. Para Diego Souza, o Atlético-MG tem condições de jogar com este tipo de formação, mas lembra que os jogadores do meio-campo serão mais exigidos.

"Em um esquema tático com três atacantes, é necessário mais proteção dos homens que fazem parte do meio-campo. A responsabilidade será grande porque a gente vai ter que correr em dobro. Mas atuando dessa forma, o time do Atlético-MG fica muito ofensivo", comentou.