Time carioca precisa pagar cerca de R$ 1,2 milhões para tirar o meio-campista do Atlético-MG

Se dependesse apenas do meia-atacante Diego Souza , ele já seria jogador do Vasco . O atleta explicou que precisa atuar e, como está na reserva do Atlético-MG , com o técnico Dorival Júnior, reforçou o interesse em jogar na equipe de São Januário. As negociações entre o time mineiro, Vasco e Traffic estão bem adiantadas e, a qualquer momento, ele deverá ser anunciado oficialmente como jogador do time carioca.

"Sou um atleta que precisa estar sempre em atividade. Quero jogar no Vasco. Quem sabe isso vai acontecer, mas não posso confirmar nada ainda, porque não tem nada resolvido. Não é certo chegar e falar que estou saindo, porque daqui a pouco as coisas não dão certo e eu vou ficar aqui", comentou o armador.

Depois de manifestar seu desejo, Diego Souza declarou que a decisão sobre sua saída do Atlético-MG está nas mãos da diretoria. "É uma oportunidade que posso ter em outra grande equipe. As coisas estão fluindo. Tudo é uma questão profissional", disse o jogador, que preferiu não comentar sua participação no time do Atlético-MG neste inicio de temporada. "Eu nem joguei direito ainda este ano. É até um pouco difícil dizer se estou rendendo o esperado ou não. A questão é que eu preciso jogar e estou tendo essa oportunidade. Se der certo, estou indo embora", declarou.

Para que o negócio seja efetivado, falta o pagamento, por parte do Vasco, de 500 mil euros (R$ 1,26 milhões), valor que o presidente atleticano Alexandre Kalil só aceita receber à vista. O restante da negociação será pago pela Traffic, empresa que também detém porcentagem dos direitos do jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.