Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diego Souza afirma que, assim como ele, Vasco caiu de rendimento

Meia assegura que derrota para o Internacional e perda da liderança não tiraram a confiança do grupo

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

AE
Diego é assediado na chegada a Belem para amistoso da seleção com a Argentina
O meia Diego Souza não vem repetindo as atuações de antes da convocação para a seleção brasileira . Depois de ser chamado por Mano Menezes para o segundo amistoso com a Argentina no desafio Superclássico das Américas , o camisa 10 do Vasco enfrentou Corinthians e Internacional . A exemplo do time, rendeu abaixo do esperado.

Vasco é o 2º colocado no Brasileiro. Veja a classificação

No primeiro compromisso, em São Januário, não conseguiu levar a equipe à vitória contra o time paulista. Menos mal que o empate manteve na liderança da competição , já que enfrentava o segundo colocado. Mas a diferença de dois pontos caiu por terra na rodada seguinte.

Dos times na briga pelo título, Vasco fará menos jogos em casa

Domingo, no Beira-Rio, em Porto Alegre, o time foi derrotado pelos donos da casa por 3 a 0 , e com a vitória corintiana pelo mesmo placar sobre o Atlético-GO , a liderança foi para o Parque São Jorge. Diego esteve abaixo da média nas duas apresentações. Ou seja, quando o time mais precisou dele, seus esforços não foram suficientes.

Na reapresentação, Eder Luis afirma que grupo não está abatido

"Olha, eu acho que eu acompanho a performance da minha equipe. Não foi o Diego que mal jogou depois que voltou da seleção. A gente se esforçou, lutou, mas o time não foi bem. Foi o conjunto que não se saiu bem. Não foi só o Diego", defende-se o meia cruzmaltino.

Curioso é que às vésperas da convocação e nas partidas seguintes, Diego Souza brilhou. Antes de ser lembrado por Mano, ele havia marcado dez gols com a camisa do Vasco . Após ser convocado, marcou nada menos do que quatro em duas partidas - Atlético-GO (um) e Cruzeiro (três). Depois, viajou para Belém, deu passe para Neymar fazer o segundo na vitória de 2 a 0 sobre os argentinos e voltou confiante, falando até em se manter no grupo de Mano para 2014 .

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

Só que não repetiu a façanha diante de Corinthians e Internacional. O meia assegura que nem ele e nem o grupo estão abalado com os últimos resultados.

"Quer saber? Ninguém está mais ou menos chateado com o que aconteceu. Viemos hoje treinar felizes por estarmos na briga pelo título. Quem não queria estar na nossa situação? Somos vice-líderes, estamos no páreo. Muita coisa vai acontecer ainda".

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e comente a fase de Diego Souza

 

Leia tudo sobre: vascodiego souzabrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG