Tamanho do texto

Ídolo da equipe espanhola quando jogou como volante, técnico pretende montar uma equipe que tenha velocidade

O argentino Diego Simeone foi apresentado oficialmente nesta terça-feira como novo técnico do Atlético de Madri. Ídolo da equipe colchonera quando atuava como volante, Simeone espera fazer história na equipe também no banco de reservas.

"É um momento muito lindo. Como jogador cumpri uma etapa e hoje chego para ser treinador. Sei da responsabilidade que tenho no Atlético, mas isso não me assusta, só me entusiasma, como todas as situações que geram desafios", afirmou o treinador, que deixou recentemente o comando do Racing, da Argentina.

Simeone teve duas passagens como jogador pelo Atlético de Madri, entre 1994 e 1997 e de 2003 a 2005. Ele esteve presente na última conquista da equipe no Campeonato Espanhol, na temporada 1995/1996, e ainda conquistou uma Copa do Rei.

Na volta ao time, Simeone terá a missão de melhorar o desempenho do Atlético de Madri, que está na 10ª colocação do Campeonato Espanhol, com apenas 19 pontos somados em 16 rodadas. Além disso, o argentino comandará os colchoneros na Liga Europa, na qual o primeiro adversário na fase mata-mata será a Lazio.

"Quero uma equipe agressiva, forte, aguerrida, que consiga contra-atacar e que tenha velocidade. Queremos terminar o Campeonato Espanhol na melhor colocação possível e recuperar um pouco do que sempre tivemos", projetou Simeone.