Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diego Maurício sofre com as broncas de Luxemburgo no Flamengo

Em seu primeiro jogo como titular no ano, atacante converteu o pênalti que encerrou a disputa com o Flu

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Com o veto a Ronaldinho Gaúcho, Diego Maurício foi escolhido para começar o clássico com o Fluminense. O Flamengo se classificou nas cobranças de pênaltis, depois de empate em 1 a 1, e a responsabilidade de fechar a disputa caiu justamente nos pés do jogador, que marcou o gol. Mas o jovem atacante não escapou das broncas do técnico Vanderlei Luxemburgo, o que, aliás, é uma rotina na vida da promessa do clube.

Siga o iG Flamengo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Pego no pé mesmo. Tem que ensinar ao Diego. É um garoto de apenas 20 anos e precisa aprender a ser mais participativo. Às vezes, ele vê o cara passando do lado dele e fica com a mão na cintura. Não pode ser assim, ainda mais no final do jogo, com jogadores pendurados por cartões e o time mais vulnerável”, explicou Luxemburgo.

Diego Maurício tem recebido oportunidades com Luxemburgo desde o ano passado, mas o Fla-Flu foi o seu primeiro jogo como titular em 2011. O jovem jogador mostrou personalidade nas cobranças de pênaltis ao pedir para ser um dos primeiros a bater. O técnico ficou reticente depois dos treinamentos da semana e adiou ao máximo.

Vipcomm
Diego Maurício converte pênalti decisivo e tira camisa na comemoração
“Quando cheguei para definir, o Diego logo disse: ‘pode deixar que eu bato’. Mas vendo na véspera, não queria deixar ele bater”, brincou Luxemburgo, sobre o aproveitamento do jogador no treinamento. “Mas perdi dois batedores (Leonardo Moura e Ronaldinho, machucados). O Diego seria o sexto, mas o David pediu. Depois, não teve jeito e acabou fazendo o gol da vitória”.

Contra o Horizonte-CE, quarta-feira, no Domingão, Diego Maurício será novamente titular. O jogo define vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. O Flamengo precisa de uma vitória simples ou de um empate por dois ou mais gols para se classificar.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG