Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diego Cavalieri não se abate com vaias e afirma que não falhou

Goleiro respeita manifestação da torcida, mas diz que falha no segundo gol do Argentinos Juniors foi coletiva

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Bastaram cinco jogos para a torcida do Fluminense perder a paciência com Diego Cavalieri e pedir a volta de Ricardo Berna. Acusado de falhar no segundo gol do baixinho Niell, no empate de 2 a 2 com o Argentinos Juniors, na estreia da Libertadores, o goleiro se defendeu nesta quinta-feira e disse que o erro foi coletivo.

Tranquilo e consciente que ainda tem muito o que melhorar, o novo camisa 1 do Fluminense, no entanto, não se abateu com as vaias e disse que o torcedor tem todo o direito de se manifestar durante os jogos.

“A torcida manifestou sua insatisfação depois do segundo gol deles, mas eu estou tranquilo e sei que estou fazendo meu trabalho. Tenho minha autocrítica e quando eu falho sou o primeiro a vir a público assumir isso, como na minha estreia, mas ontem (quarta) eu acho que não falhei. O jogador argentino cruzou alto na área, eu tentei chegar, mas não alcancei a bola. Na minha opinião o erro coletivo, mas o torcedor paga ingresso e está no direito de protestar”, explicou Diego Cavalieri.

nullEmbora não concorde com a opinião dos torcedores que compareceram ao Engenhão quarta-feira, o goleiro do Fluminense afirma que também não está satisfeito com seu rendimento. Para Diego Cavalieri, ele ainda tem muito o que evoluir.

“Claro que eu não estou satisfeito. Sei que ainda não atingi meu ápice e tenho muito o que melhorar. Mas vida de goleiro é assim, basta você tomar um gol que tudo muda e você passa a ser o culpado por uma derrota. Mas eu estou tranqüilo, tenho minha autocrítica”, afirmou o goleiro, que acha que a equipe está no caminho certo.

“Não é que a defesa seja responsável pela avaliação de um goleiro, acho que temos de avaliar o conjunto. Claro que a gente não gosta de estar tomando muitos gols, pois a culpa acaba sempre caindo sobre a defesa, mas estamos tentando corrigir nosso posicionamento para diminuir os erros”, minimizou Cavalieri.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG