Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Diego Cavalieri é apresentado no Fluminense com status de ídolo

Goleiro fica surpreso com assédio dos jornalistas logo em seu primeiro dia de trabalho nas Laranjeiras

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Com status de craque, Diego Cavalieri foi apresentado nesta terça-feira à tarde, nas Laranjeiras, como primeiro reforço do Fluminense para a temporada 2011. Nem as passagens frustrantes por Liverpool, da Inglaterra, e Cesena, da Itália, foram capazes de diminuir o interesse dos jornalistas pela chegada do goleiro, que assinou um contrato de três anos. Com a acanhada sala de imprensa do clube abarrotada de gente, Diego Cavalieri foi sincero ao admitir que não esperava uma recepção tão calorosa por parte da mídia.


“Eu sinceramente não esperava encontrar tanta gente aqui para a minha apresentação. Estou realmente surpreso, até porque na Europa nós não temos tanto contato com a imprensa assim no dia a dia do clube”, disse o novo goleiro do Fluminense.

Apesar de pouco ter jogado em dois anos e meio de Europa, o goleiro revelado pelo Palmeiras minimizou sua passagem apagada pela Inglaterra e Itália, afirmou que nunca deixou de trabalhar duro e que está bem para defender as cores do atual campeão brasileiro.

null“Infelizmente o Liverpool contava com um excelente goleiro que é o Reina e eu tive poucas oportunidades nos dois anos que lá estive. Procurei mostrar meu trabalho num outro time, num outro país, mas tive alguns problemas com o treinador e também joguei pouco. Mas nunca deixei de treinar nesse período e me sinto preparado para mostrar minha qualidade e conquistar meu espaço no Fluminense”, afirmou.

Indagado sobre sua preferência pela proposta do Fluminense entre outras de clubes brasileiros, como Santos e Flamengo, por exemplo, o jogador foi irônico.

“É engraçado porque me colocaram em tantos lugares que nem cheguei a conversar. A única proposta concreta que eu tive foi do Santos. Mas não chegamos a um acordo e a partir daí eu comecei a negociar com o Fluminense.”, afirmou o jogador, para depois enumerar as razões que o fizeram assinar com o clube das Laranjeiras.

“Claro que a Libertadores contou para que eu fechasse, mas foram muitos os motivos que me motivaram a assinar com o Fluminense. O elenco é excelente, a torcida mostrou sua força na reta final do Brasileiro, o projeto é ambicioso e o treinador dispensa comentários”, disse, sem meias palavras, Diego Cavalieri.

AE
O goleiro Diego Cavalieri foi bastante assediado em sua apresentação no Fluminense, nesta terça-feira

Leia tudo sobre: FluminenseDiego Cavalieri

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG