Técnico do Wolfsburg ainda contou com os brasileiros Grafite e Josué para vencer e se manter na primeira divisão

O brasileiro Diego , jogador do Wolfsburg, abandonou neste sábado os companheiros de time antes do jogo contra o Hoffenheim, segundo informação do jornal alemão Bild.  A partida era decisiva para o clube permanecer na primeira divisão alemã, e foi vencida por 3 a 1.

Diego saiu ao saber que o técnico Felix Magath não o escalara na equipe titular do jogo da 34ª rodada da Bundesliga. Ao ouvir a escalação da equipe anunciada por Magath, o meia abandonou a preleção e se recusou a seguir com os companheiros para o estádio. "Nunca vivi algo semelhante em minha carreira, não tentei conversar com ele. O problema é que tenho apenas 17 jogadores disponíveis para a partida", lamentou Magath antes da partida.

O brasileiro, contratado por 15 milhões de euros em agosto passado, decepcionou no retorno ao futebol alemão. Vindo da Juventus de Turim, Diego atuou na Alemanha defendendo o Werder Bremen entre 2006 e 2009. Diego desperta interesse de várias equipes, inclusive o Botafogo, e pode ter apressado sua despedida do clube alemão.

A assessoria de imprensa do jogador disse que ainda não tem uma explicação oficial para o ocorrido e que fará uma reunião neste domingo com o atleta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.