Arena do Twente está sendo ampliada. Tragédia aconteceu em Enschede, a 160km de Amsterdã

Prefeitura confirmou que houve uma morte
EFE
Prefeitura confirmou que houve uma morte
Uma parte em construção do estádio do clube de futebol holandês Twente veio abaixo nesta quinta-feira, causando uma morte e deixando 14 pessoas feridas. Três delas foram tratadas no local e liberadas, mas o restante foi encaminhada para o hospital Spectrum Medical Twente - dois operários estão em estado grave. Os números foram confirmados por Peter den Oudsten, prefeito da cidade de Enschede, onde fica o estádio.

As equipes de resgate, formadas por ambulâncias e carros de bombeiro, contam também com a ajuda de um helicóptero para levar os feridos com rapidez para o hospital e com cães farejadores para ajudar a encontrar pessoas sob os escombros. "É um acontecimento terrível. As famílias das vítimas podem contar com nosso apoio", disse Jan van Halst, diretor do Twente.

O acidente foi causado pelo desmoronamento de vigas que sustentam o teto do novo setor de arquibancada que está sendo construído para ampliar o campo na cidade de Enschede (leste do país, a 160km de Amsterdã). A equipe do Twente não estava no campo no momento da tragédia, já que está treinando em outra cidade.

O projeto inicial era ampliar a capacidade do estádio De Grolsch Veste de 24 mil para 30 mil lugares. O time visa aumentar sua renda na próxima temporada, já que vai disputar a Liga dos Campeões da Europa pela segunda vez seguida, após o vice no Campeonato Holandês.

*com agências

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.