Corinthians quer voltar à liderança do Brasileiro, enquanto o Santos quer se afastar da zona de perigo

O clássico entre Santos e Corinthians nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), em jogo adiado da quinta rodada do Campeonato Brasileiro, será a oportunidade dos dois times voltarem a brilhar na competição. Enquanto o time de Parque São Jorge pretende voltar à liderança do Brasileiro, a equipe santista quer espantar de vez o perigo do rebaixamento.

Para isso, os dois times terão que superar os desfalques. Neymar e Ganso estão defendendo a seleção brasileira e não jogam pelo Santos. Já o Corinthians não pode contar com Júlio César (em fase final de recuperação da fratura no dedo mínimo da mão esquerda), Ralf e Jorge Henrique (suspensos).

“As duas equipes estão desfalcadas, então acredito que seja um jogo difícil, conseguimos um resultado importante diante do Ceará, foi bom para erguer a nossa moral. Agora vamos tentar encostar nos líderes”, afirmou o zagueiro Edu Dracena.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

Dono do melhor aproveitamento do Brasileiro, o Corinthians conquistou 76% dos pontos que disputou. Porém, a folga na liderança que havia conquistado nas 10 primeiras rodadas acabou após uma queda de rendimento da equipe. A equipe vem de empate contra o Atlético-PR e somou apenas quatro pontos dos últimos 12 que disputou.

"Queremos ter o mesmo desempenho que tivemos nas derrotas para o Cruzeiro e o Avaí. Jogamos bem, mas faltou eficiência e precisão. Para mim, o jogar bem vem antes do resultado, mas precisamos converter as duas coisas nesse jogo", disse Tite.

O Corinthians precisa de um empate para voltar a ser líder. Com 32 pontos, está um atrás do Flamengo. Como tem 10 vitórias contra 9 do time carioca, o Corinthians usaria o primeiro dos critérios de desempate (o número de vitórias) para reassumir a ponta. Para a vaga dos desfalques, Tite optou por Moradei e Emerson.

Entre para a Torcida Virtual de Corinthians e Santos e convide seus amigos

Outra novidade é o retorno de Alessandro na lateral-direita. Ele ficou de fora de 12 jogos por causa de uma lesão na coxa direita sofrida na segunda rodada. Welder, seu substituto nesse período, fica no banco.

Para Tite, a reposição deste jogo que coloca o Corinthians com o mesmo número de jogos dos concorrentes á liderança vai dar a ideia precisa do que o time pode oferecer principalmente nas comparações com as outras equipes. "O ideal sempre é que todos tenham jogos e todas rodadas iguais. Só assim vamos ter condição de fazer uma avaliação mais correta de todos os desempenhos e de todos os jogos. Agora a noção é mais real", disse.

Siga o Twitter do iG Corinthians e receba notícias do time em tempo real

Já o Santos deixou a zona do rebaixamento após vencer o Ceará no Pacaembu. Além do duelo contra o Corinthians, o Santos tem mais dois jogos a menos: contra Grêmio e Fluminense.

Para o clássico contra o Corinthians, Muricy deve mudar o esquema tático da equipe. Bruno Rodrigo entra na vaga de Ibson, que ficará como opção no banco de reservas. Já para os lugares de Ganso e Neymar, jogam Henrique e Diogo, respectivamente. Outra novidade é o retorno de Léo a lateral-esquerda. O titular cumpriu suspensão contra o Ceará na última rodada. Com isso, Pará volta ao time titular.

FICHA TÉCNICA – SANTOS X CORINTHIANS

Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/hora: 10/8/2011 - 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Vicente Romano Neto (SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)

SANTOS: Rafael; Bruno Rodrigo, Edu Dracena e Durval; Pará, Arouca, Elano, Henrique e Léo; Diogo e Borges. Técnico: Muricy Ramalho

CORINTHIANS: Danilo Fernandes, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Moradei e Paulinho; Willian, Alex e Danilo; Emerson. Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.