Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Desafeto de Ronaldinho, gremista chefiará delegação da seleção

Presidente do Grêmio, Paulo Odone foi convidado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para viajar à Paris

Hector Werlang e Paulo Passos, iG Esporte |

O presidente do Grêmio, Paulo Odone, será o chefe da delegação da seleção brasileira no amistoso contra a França, no dia 9 de fevereiro, em Paris. Desafeto de Ronaldinho, após o meia-atacante não acertar com o time de Porto Alegre no seu retorno ao Brasil, o dirigente poderá se reencontrar com o jogador do Flamengo.

AE
Presidente gremista foi ovacionado pelos torcedores após anunciar que não negociava mais com Ronaldinho
Em dezembro, Mano Menezes indicou que Ronaldinho Gaúcho seria convocado novamente para a seleção. Ele foi chamado para o último jogo disputado pelo Brasil, em novembro, na derrota por 1 a 0 contra a Argentina.

“Seria injusto eu convocar o Ronaldinho para apenas uma primeira partida, jamais faria isso. Ele continuará sendo observado e vai ter chance de continuar mostrando o que tem. Gostei dele contra a Argentina”, disse Mano em dezembro.

Em nota divulgada no site do Grêmio, Odone confirmou que aceitou o convite feito pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para chefiar a deleção. No início do mês, o dirigente criticou Ronaldinho Gaúcho e seu irmão e agente, Roberto de Assis Moreira, por fazer leilão na volta do jogador ao Brasil.

“O que o Ronaldinho queria era praticamente dobrar a oferta do Grêmio, com cerca de R$ 8 a R$ 9 milhões a mais. Isso é um absurdo, fora de propósito. Não entramos nisso para chegar a esse nível. O Grêmio encerrou o assunto Ronaldinho”, afirmou o cartola em 8 de janeiro.

Presidente do clube gaúcho em 2005, Odone foi o primeiro dirigente de um grande clube a dar uma oportunidade a Mano Menezes. Com o técnico, o Grêmio venceu o Campeonato Brasileiro da Série B e chegou à final da Copa Libertadores em 2007. Até hoje, o dirigente mantém boas relações com o treinador.
 

Divulgação
Mano Menezes chamou Ronaldinho Gaúcho para o amistoso contra a Argentina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG