Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Derrota para o Grêmio revela crise no departamento de futebol do Fla

Fontes ligadas à presidência dão conta de que o vice de futebol Luiz Augusto Velloso pode cair antes mesmo do campeonato chegar ao fim

Gazeta |

A derrota por 4 a 2 para o Grêmio, domingo, não representou para o Flamengo apenas a queda para a quinta posição do Campeonato Brasileiro. Além disso, o revés trouxe para a Gávea um clima de insatisfação com o departamento de futebol, alguns atletas do elenco e Vanderlei Luxemburgo, constante alvo de reclamações quando as coisas não vão bem dentro de campo.

Neste cenário, cresce a importância de uma vitória sobre o Cruzeiro no próximo domingo, às 17h (de Brasília), no Engenhão, em confronto válido pela 33ª rodada. Uma derrota pode tirar o time da zona de classificação para a Copa Libertadores e gerar mudanças drásticas na administração.

LEIA TAMBÉM: Sem Ronaldinho, Flamengo faz treino físico no feriado

AE
Flamengo de Ronaldinho Gaúcho até começou bem, mas cedeu virada para o Grêmio no Olímpico

A presidente Patrícia Amorim vinha acompanhando de longe os problemas no futebolm mesmo quando o time ficou 11 jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. Agora, porém, a mandatária, sabendo que o orçamento ficará muito comprometido se o time não for para a Copa Libertadores, começou a se envolver mais.

Fontes ligadas à presidência dão conta de que o vice-presidente de futebol, Luiz Augusto Velloso, pode cair antes mesmo do Campeonato Brasileiro chegar ao fim. O dirigente tem problemas de relacionamento do o supervisor Isaías Tinoco, homem de confiança de Patrícia no setor. Os dois chegaram a discutir de forma pesada no início de outubro, antes da vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo no Morumbi. Naquela ocasião, Isaías sequer viajou para a capital paulista.

E AINDA: Clima esquenta nos bastidores antes de Flamengo x Cruzeiro

Velloso também estaria insatisfeito com o salário que recebe no clube e teria solicitado um aumento para 2012, uma vez que entende que contribuiu para o aumento de receita. Patrícia sequer cogita a possibilidade e a saída do dirigente passa a ser o caminho mais lógico.

Vanderlei Luxemburgo também não deve ficar para 2012. Nem mesmo a vaga na Copa Libertadores deve segurar o treinador, que só seria convidado a permanecer em caso de título. Patrícia nunca viu com bons olhos o nome do comandante, mas aceitou a sua contratação em um momento que o time lutava contra o rebaixamento no Brasileirão de 2010.

Luxa evitou a degola e ainda deu o título carioca de maneira invicta no início de 2011. O bom começo no Brasileirão fez com que a presidente tivesse que aceitar o comandante.

RELEMBRE: Golaços ofuscam Ronaldinho, e Grêmio vence o Flamengo de virada

Porém Patrícia sonha com um nome que tenha identificação com a camisa do clube e a ideia da presidente é contratar Jorginho, que foi auxiliar do técnico Dunga na seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo de 2010 e atualmente vem realizando grande trabalho no Figueirense. Mas, por estar na briga por uma vaga na Libertadores com a equipe catarinense, Patrícia não fará nenhuma investida antes do término do Brasileirão.

Até mesmo Ronaldinho Gaúcho, figuta inatacável pela presidente no início do ano, começa a cair em desgraça com Patrícia, conhecida por cobrar disciplina de seus comandados. A dirigente ficou insatisfeita com a notícia que dava conta de que Ronaldinho tinha organizado uma festa em seu sítio, em Eldorado do Sul, cidade próxima de Porto Alegre, na noite de domingo, poucas horas depois de o Rubro-negro ter sido derrotado pelo Grêmio por 4 a 2, de virada, no estádio Olímpico.

Patrícia teria ficado indignada pela falta de solidariedade do atleta, motivo pelo time gremista ter corrido em dobro contra o Flamengo, já que o meia se tornou um desafeto dos torcedores do Tricolor desde que decidiu defender as cores do rubro-negro. A vida noturna do atleta tem irritado conselheiros do clube, embora ele não falte a treinos e não deixe de cumprir suas atividades. Nesta quarta, com um desconforto muscular, Ronaldinho não treinou com o restante da equipe.

Leia tudo sobre: flamengobrasileiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG