Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Derrota para o Flamengo não provoca mudança no elenco vascaíno

Diretor de futebol informa que ciclo de contratação está fechado. Reforços só em caso excepcional

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

A derrota para o Flamengo não terá o impacto de uma bomba no Vasco. Pelo menos é o que garante Rodrigo Caetano, diretor-executivo do clube de São Januário. Um dia após a perda do título da Taça Rio, o dirigente falou ao iG e demonstrou confiança no elenco. A reformulação do grupo, fato comum na passagem do primeiro para o segundo semestre, será pontual. Caetano diz que o plantel está fechado com a chegada de Juninho Pernambucano. Qualquer contratação que vier, assegura o cartola, será por uma boa oferta do mercado ou em caso de lesão.

"O grupo é este. Nós já estamos reforçando o time desde o fim do ano passado. Trouxemos vários jogadores e ainda contratamos o Juninho. Claro que podemos adquirir alguém lá na frente. Mas, hoje, o ciclo de contratação está fechado", declarou Caetano.

Site oficial
Chegada de Juninho encerra ciclo de contratação no Vasco
Ainda que decepcionado com o resultado de domingo, no Engenhão - derrota nos pênaltis após 0 a 0 no tempo normal -, O dirigente defendeu seu elenco. E senso comum na Colina que o trabalho da direção, da comissão técnica e nível do alenco têm sido satisfatório.

"Não vamos pensar em mexer em tudo agora por causa de uma derrota. O Vasco tem um grupo forte e o trabalho não será interrompido", frisou Caetano.

Contando com Felipe, repatriado no meio da temporada passada, o clube trouxe jogadores de peso, como Alecsandro, Diego Souza, Leandro e, por último, Juninho Pernambucano, que será apresentado apenas em junho. O talismã Bernardo, apesar de ter desperdiçado uma cobrança domingo, também tem crédito com a torcida. Diferentemente de anos anteriores, o Vasco abriu os cofres em 2011 e montou uma equipe competitiva. Prova disso foi a chegada na final do segundo turno carioca - feito que não ocorria desde 2004. A última vez que o clube se sagrou campeão estadual foi em 2003. Além dos contratados, o time contava ainda com Fernando Prass, Dedé, Fellipe Bastos, Eduardo Costa e outros.

"Se vier alguém, só se for dentro de uma estratégia pontual. Estamos satisfeitos com o elenco do Vasco. Não vai ser a derrota para o Flamengo que vai fazer tudo acabar".

Leia tudo sobre: vascorodrigo caetano

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG