Tamanho do texto

Diretor de futebol informa que ciclo de contratação está fechado. Reforços só em caso excepcional

A derrota para o Flamengo não terá o impacto de uma bomba no Vasco . Pelo menos é o que garante Rodrigo Caetano, diretor-executivo do clube de São Januário. Um dia após a perda do título da Taça Rio , o dirigente falou ao iG e demonstrou confiança no elenco. A reformulação do grupo, fato comum na passagem do primeiro para o segundo semestre, será pontual. Caetano diz que o plantel está fechado com a chegada de Juninho Pernambucano . Qualquer contratação que vier, assegura o cartola, será por uma boa oferta do mercado ou em caso de lesão.

"O grupo é este. Nós já estamos reforçando o time desde o fim do ano passado. Trouxemos vários jogadores e ainda contratamos o Juninho. Claro que podemos adquirir alguém lá na frente. Mas, hoje, o ciclo de contratação está fechado", declarou Caetano.

Chegada de Juninho encerra ciclo de contratação no Vasco
Site oficial
Chegada de Juninho encerra ciclo de contratação no Vasco
Ainda que decepcionado com o resultado de domingo, no Engenhão - derrota nos pênaltis após 0 a 0 no tempo normal -, O dirigente defendeu seu elenco. E senso comum na Colina que o trabalho da direção, da comissão técnica e nível do alenco têm sido satisfatório.

"Não vamos pensar em mexer em tudo agora por causa de uma derrota. O Vasco tem um grupo forte e o trabalho não será interrompido", frisou Caetano.

Contando com Felipe , repatriado no meio da temporada passada, o clube trouxe jogadores de peso, como Alecsandro, Diego Souza, Leandro e, por último, Juninho Pernambucano, que será apresentado apenas em junho. O talismã Bernardo, apesar de ter desperdiçado uma cobrança domingo, também tem crédito com a torcida. Diferentemente de anos anteriores, o Vasco abriu os cofres em 2011 e montou uma equipe competitiva. Prova disso foi a chegada na final do segundo turno carioca - feito que não ocorria desde 2004 . A última vez que o clube se sagrou campeão estadual foi em 2003. Além dos contratados, o time contava ainda com Fernando Prass, Dedé, Fellipe Bastos, Eduardo Costa e outros.

"Se vier alguém, só se for dentro de uma estratégia pontual. Estamos satisfeitos com o elenco do Vasco. Não vai ser a derrota para o Flamengo que vai fazer tudo acabar".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.