Tamanho do texto

Técnico Joel Santana não gostou das falhas nas finalizações e time deve voltar a ter dois atacantes

Nas duas últimas rodadas, o Cruzeiro jogou longe de Belo Horizonte e o técnico Joel Santana optou por montar o time com apenas um atacante, no 4-5-1. Contra o Corinthians, a estratégia deu certo . Já contra o Atlético-GO , a equipe azul não correspondeu e acabou derrotada. Para os dois próximos jogos em casa, há a expectativa da volta do 4-4-2, com Ortigoza no ataque.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Joel tem algumas opções caso resolva voltar à formação com dois atacantes. A principal delas é o paraguaio Ortigoza, que já foi titular em duas oportunidades com o treinador e mereceu elogios. “O professor (Joel Santana) colocou todos os atacantes que tinha no segundo tempo, mas não conseguimos marcar. Eles foram mais felizes nas finalizações e saíram com a vitória”, disse o atacante paraguaio depois da partida no Serra Dourada.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

Além de Ortigoza, Anselmo Ramon (que perdeu dois gols incríveis no segundo tempo contra o Atlético-GO) e Reis , reincorporado ao elenco a pedidos de Joel, correm por fora nessa briga pela vaga no ataque titular. Fato é que o treinador não gostou nada das falhas nas finalizações na última rodada.

"Pecamos muito nas finalizações, perdemos gols dentro da pequena área. A bola não queria nada com a gente. Jogamos mal, adversário colocou três zagueiros. Hoje erramos demais o fundamento principal do futebol que é a finalização. Perdemos três dentro da pequena área. Tem dia que as coisas são assim. Você cria e não faz. O que fica é o resultado final”, analisou o treinador cruzeirense.