Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Deputado Romário espera menos exigências para a Arena da Baixada

Ex-jogador acredita que será necessário intervir para pedir um afrouxamento das exigências da Fifa

Gazeta |

A Comissão de Turismo e Desporto da Câmara dos Deputados, com deputados federais como os ex-jogadores Romário e Danrlei, senadores, o deputado paranaense Rubens Bueno e o secretário Especial da Copa em Curitiba, Mario Celso Cunha, visitaram o Aeroporto Afonso Pena e Arena da Baixada, onde se encontraram com o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR, Gláucio Geara. O objetivo da visita técnica foi coletar informações pra tentar acelerar as obras para a Copa do Mundo 2014.

Vice-presidente da Comissão, Romário acredita que será necessário intervir para pedir um afrouxamento das exigências do Caderno de Encargos da Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados). "Desde que foi construída, a Arena da Baixada sempre foi um modelo de estádio do Brasil. Entendemos que a Fifa tenha um Caderno de Encargos, mas tudo tem um limite. O torcedor brasileiro não é alemão, francês, inglês... Precisamos fazer uma Copa dentro daquilo necessário para o país", avaliou.

A maior preocupação em Curitiba são os custos para reforma da Arena, que passaram de R$ 135 milhões para R$ 220 milhões, diferença que o Furacão já adiantou que não pagará. As principais mudanças em relação ao projeto inicial são a construção de um prédio com 5 mil metros quadrados para abrigar o centro de imprensa, troca de todas as cadeiras e do sistema de iluminação, instalação de geradores de luz e sistema de ar condicionado, rebaixamento do gramado e novo sistema de irrigação.

Leia tudo sobre: romárioatlético-prcopa 2014

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG