Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Depois do risco de rebaixamento, até G4 é motivo de comemoração no Grêmio

Jogadores falam em dever cumprido mesmo que classificação à Libertadores não seja conquistada

iG São Paulo |

Só falta o último capítulo de uma história de superação, com ares de roteiro de cinema. É assim que os jogadores do Grêmio encaram a necessidade de ao menos empatar com o Botafogo, domingo, no Olímpico, para garantir o quarto lugar do Brasileirão e a classificação à Libertadores.

Porém, mesmo que a vaga não seja conquistada, o G4 será motivo de orgulho. Afinal, no começo do campeonato, o risco de rebaixamento era grande.

A situação só melhorou após a demissão de Silas e a contratação de Renato Gaúcho, em 12 de agosto. Quase quatro meses depois, a equipe tem chances de disputar o torneio mais importante do continente ¿ precisa torcer para o Independiente ser campeão da Sul-Americana diante do Goiás, caso contrário a equipe goiana fica com a última vaga brasileira.

Por tudo o que aconteceu chegar ao G4 é um feito e tanto. Mesmo que a Libertadores não venha a sensação é de dever cumprido, disse o goleiro Victor neste sábado.

O volante Fábio Rochemback afirmou que, mesmo com o Goiás estragando o sonho dos tricolores, haverá motivos para comemorar: A nossa situação era crítica. Fomos muito longe dado o lugar de onde saímos.

Isto não significa que os atletas não queiram a classificação. O atacante André Lima definiu a partida como o jogo da vida. Para o meia Douglas, vencer o Botafogo terá um significado especial. Fecharíamos o ano com chave de ouro, destacou.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirogrêmio

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG