Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Depois de superar-se, Fábio Santos pede por sacríficio corintiano

Lateral-esquerdo antecipou duas voltas de lesões e virou referência no Corinthians

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Bruno Winckler
Fábio Santos pede que todos se sacrifiquem mais no final do campeonato
O lateral-esquerdo Fábio Santos  teve duas lesões neste Campeonato Brasileiro. Primeiro, ele desfalcou o Corinthians após sofrer fratura no ombro esquerdo em agosto. Ele surpreendeu quando ao invés de 60 dias de molho, voltou antes do esperado: 40 dias depois de cirurgia, num clássico contra o São Paulo. A segunda lesão, sofrida no joelho esquerdo, contra o Botafogo, no último dia 12, o tiraria de combate por 20 dias, mas 10 dias depois ele já estava em campo, no jogo contra o Inter, em Porto Alegre, no último domingo.

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

Para o lateral-esquerdo, por mais que seu exemplo seja valorizado, nesta reta final é importante que todos que se dediquem além de suas forças para ajudar o Corinthians a sagrar-se campeão brasileiro. “Não só eu, mas todos têm de se superar. Antecipei minha volta por um momento de necessidade, com o aval dos médicos. Mas não sou só eu que me sacrifico, todos tem esse espírito e precisa ser assim para que a equipe tenha todos à disposição nesses últimos jogos”, disse o lateral-esquerdo, lembrando dos sete jogos finais. Com 55 pontos, a equipe paulista tem dois a menos que o Vasco. "O cansaço bate, é fim de temporada, todos se desgastam, mas é hora de dar o último gás".

Leia também: Corinthians quer repetir desempenho da reta final de 2010 para ficar com o título

Ao lado do jogador, além da boa disposição, está uma coincidência que o faz acreditar que possa ajudar um pouco mais o Corinthians a sair campeão. Entre os titulares, Fábio Santos é o que menos perdeu neste Brasileiro. Foram apenas duas derrotas nos jogos em que o lateral atuou: contra o Avaí, no primeiro turno, e contra o Botafogo, há duas semanas. O Corinthians perdeu oito vezes ao todo. Domingo, o Corinthians reencontra um dos times que bateram Fábio Santos: o Avaí.

Entre para a torcida virtual do Corinthians e o ajude a se manter no topo do ranking

“Aquele jogo estava bem controlado no primeiro tempo, saímos na frente, criamos várias oportunidades de gol e, num vacilo, pode ter sido isso, por estar controlado demais, a equipe deu uma baixada na concentração, acabamos levando três gols. Serviu de lição para respeitar. Quando você acha que as coisas estão ganhas não estão", recorda-se.

Para Danilo , titular do meio campo corintiano, Fábio Santos serve como exemplo para todos os jogadores do elenco. “Esse é o espírito que todos na equipe tem que ter. É bom ver um companheiro nosso que mesmo não estando na melhor das condições se colocou à disposição e está nos ajudando", disse Danilo.

Segundo Fábio Santos, Adriano , que jogou apenas dois jogos neste Brasileiro e ficou fora dos últimos dois, está "no espírito" para superar-se nesta reta final. "Agora é natural que ele vá participando mais dos treinos e jogos. A própria condição física faz com que ele participe mais. A lesão é complicada, faz com que ele acabe mancando um pouco mais, até por falta de confiança, mas a gente sabe que se der espaço e deixar finalizar... Então é importante tê-lo bem nessa reta final. A gente vem notando diferença grande já", comentou.

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG