Tamanho do texto

Juiz deste sábado, Cléber Wellington Abade, expulsou Richarlyson com 30 segundos em clássico pelo Mineiro

O árbitro Cléber Wellington Abade foi sorteado para apitar o clássico deste sábado, entre Atlético-MG e América-MG , pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 18h, na Arena do Jacaré, com os auxliares Márcio Luiz Augusto e Rogério Pablos Zanardo. Curiosamente, a última partida da equipe alvinegra apitada por Abade foi justamente um clássico com o América-MG, também num sábado à noite na Arena do Jacaré. Na ocasião o Atlético-MG venceu por 2 a 1 e se classificou para a final do Mineiro. No entanto, a expulsão de Richarlyson foi o que mais chamou a atenção na atuação do árbitro paulista.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Richarlyson foi reserva e entrou em campo no intervalo, no lugar de Renan Oliveir a . A partida estava 0 a 0, resultado que já colocaria o Atlético-MG na final, pois no primeiro jogo o time alvinegro venceu por 3 a 1. No entanto, com menos de 30 segundos em campo, Richarlyson recebeu o cartão vermelho, sem fazer uma falta sequer., sendo que no lance a falta foi cometida pelo lateral americano Sheslon . Ao sair do gramado, Richarlyson disse ser perseguido por árbitros paulistas .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar de jogar com um jogador a menos durante todo o segundo tempo, o Atlético-MG venceu a partida por 2 a 1. Na ocasião, Richarlyson ganhou o apoio da diretoria atleticana e do técnico Dorival Júnior . Já Cléber Wellington Abade relatou na súmula que foi xingado por Richarlyson, no entanto, em nenhum momento o jogador do Atlético-MG admitiu as ofensas.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real