Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Depois de Fernandão, Cleber Santana também pode deixar São Paulo

Diretoria cogita emprestar volante, que não vem jogando, e pode até dividir custos em eventual empréstimo

Levi Guimarães, iG São Paulo |

O São Paulo anunciou na manhã desta terça-feira a rescisão de contrato amigável de Fernandão e, depois do atacante, o volante Cleber Santana pode ser o próximo a deixar o elenco do clube. Durante o treino desta tarde no CT da Barra Funda, o vice-presidente de futebol do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, reconheceu a possibilidade da saída do jogador.

Vipcomm
Assim como Fernandão, Cleber vem tendo pouquíssimas chances com Carpegiani
Assim como Fernandão, Cleber vem tendo pouquíssimas chances com o técnico Paulo César Carpegiani. Em muitas partidas do ano, sequer foi relacionado para o banco de reservas. Assim, o São Paulo pensa em liberá-lo de forma semelhante à que foi feita com o atacante ou emprestá-lo. Nessa segunda alternativa, o clube provavelmente teria que continuar pagando parte do salário do jogador, possibilidade que não está descartada.

O Atlético-PR surge como forte candidato a fechar com Celeber Santana.

“Em alguns casos precisamos reconhecer que a permanência no elenco de um jogador experiente que não está tendo muitas oportunidades não é boa nem para o clube nem para o próprio jogador. Por isso vamos analisar as opções sim e ele pode ser liberado ou emprestado”, disse Leco.

No São Paulo há pouco mais de um ano, Cleber Santana disputou 48 partidas pelo clube e marcou três gols. Ele nunca conquistou a titularidade absoluta, nem com o ex-treinador Ricardo Gomes, nem com o interino Sérgio Baresi. E desde a chegada de Carpegiani perdeu ainda mais espaço. A saída, contudo, é dificultada pelos altos valores do contrato do atleta.

Fernandão no Palmeiras?

Em relação a Fernandão, o São Paulo afirma não ter informações a respeito do futuro do jogador. O clube apenas diz que não impôs qualquer veto ao jogador para negociar com qualquer um dos rivais paulistas. Pelo contrário, Leco chegou a dizer que o atacante “quase foi para o Palmeiras” e que isso só não aconteceu por conta das condições físicas do jogador.

“Só não liberamos para não mandar para o Palmeiras um jogador que não estava com as condições físicas ideais naquele momento. Agora não sei se ele vai para o Palmeiras, para o Grêmio, para o Botafogo, Figueirense... já ouvi de tudo”, disse o dirigente. Além das sondagens de times brasileiros, Fernandão também já teria recebido pelo menos uma proposta do exterior.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG