Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Depois de bronca, torcida se porta bem e Liedson garante churrasco

Há uma semana, torcedora cobrou atletas e Andrés chiou. Corintiano pediu desculpas e Liedson apaziguou tensão

Bruno Winckler, iG São Paulo |

AE
Liédson marcou o gol da vitória contra o Figueirense
Há cerca de um mês o Corinthians tem recebido membros da torcida Gaviões da Fiel no CT no Parque Ecológico. Eles têm tido a oportunidade de perguntar e falar com os jogadores que dão as coletivas diárias no clube para divulgarem suas palavras no site oficial da torcida. E nesta quinta-feira Liedson foi quem falou com os torcedores.

Demonstrando apoio, numa postura diferente a demonstrada há uma semana , um torcedor agradeceu o empenho e falou que a "churrasqueira estaria acesa" desde domingo se o time já tivesse sido campeão. Liedson, que marcou o gol que poderia ter sido o do título, disse a eles para não se preocuparem.

Leia também: Tite esboça time do clássico de domingo com Wallace no lugar de Ralf

"Primeiro quero agradecer o apoio não só da Gaviões, mas de todo o corintiano, é de arrepiar. Todo mundo se reapresentou na terça-feira dizendo que faltou um pouco. Estamos focados. Domingo, com certeza, vamos dar mais uma resposta positiva. Tenho certeza que vamos poder acender a churrasqueira depois do jogo", disse Liedson.

null

E mais: Emerson pega um jogo de suspensão e não encara o Palmeiras

Na semana passada, durante entrevista de Alex e Fábio Santos , uma torcedora interpelou os jogadores dizendo que era obrigação vencer o jogo contra o Figueirense. A forma como a torcedora se portou não agradou o presidente Andrés Sanchez.

"Não vi problema em ter a torcida aqui, mas ela foi muito mal criada. É inadmissível alguém falar o que ela falou aqui do jeito que falou, não é numa coletiva que vai cobrar jogador, diretor. Todo mundo quer ser campeão, mas tem outro time do outro lado", disse Andrés, no dia seguinte. 

Nesta quinta, o representante da torcida pediu desculpas e disse que a Gaviões da Fiel respeita os jogadores, diretores e profissionais de imprensa "mesmo os que não torcem para o Corinthians". O clube continuará abrindo suas portas para os torcedores, que devem marcar presença mais uma vez nesta sexta-feira, na última entrevista de Tite antes do jogo contra o Palmeiras.

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2011liedson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG