Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Depois de 21 dias, Ronaldinho finalmente estreia pelo Flamengo

Craque veste a camisa 10 pela primeira vez nesta quarta-feira, às 22h, contra o Nova Iguaçu, no Engenhão

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Chegou o grande dia. São 37.042 ingressos vendidos, além das gratuidades. Mais de quarenta mil pessoas estarão no Engenhão esta noite, às 22h, para presenciar a estreia de Ronaldinho Gaúcho com a camisa do Flamengo, no confronto com o Nova Iguaçu, pela quinta rodada do Grupo A da Taça Guanabara. O novo camisa 10 da Gávea assume na prática o papel de principal ídolo e jogador do time.

“Só estou um pouco ansioso para que esse tempo passe rápido. O sentimento que sinto é de alegria e satisfação. Todo jogador sonha voltar ao Brasil e ser recebido dessa forma. Ter esse privilégio me motiva a fazer o meu melhor”, afirmou Ronaldinho Gaúcho, aos 30 anos de idade, duas vezes eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo.

Ronaldinho Gaúcho foi o pivô de uma batalha de milhões de reais nos bastidores entre Flamengo e Grêmio por sua contratação. A vitória da diretoria contagiou os torcedores, que lotaram o gramado da Gávea na apresentação do jogador como reforço do clube. Num palco improvisado na arquibancada do velho Estádio José Bastos Padilha, ele acenou e falou com seus novos súditos.

AE
Ronaldinho afirmou que não voltou ao Brasil em férias, mas sim para trabalhar sério

A odisseia de sua estreia começou no dia de sua contratação. Um contrato de patrocínio que venceria no dia 31 de janeiro se tornou um entrave para colocar Ronaldinho em campo, pois o clube perderia uma grande oportunidade de arrecadar. Um amistoso internacional foi tentado, mas prevaleceu o lado técnico, preocupado em não inchar o calendário do time. Com isso, o dia 2 de fevereiro se tornou a data ideal, com possibilidade de faturar, como aconteceu. Serão R$ 900 mil em patrocínios apenas para este jogo.

Ronaldinho foi para Londrina no dia 13 de janeiro, acompanhado de Thiago Neves e a cúpula do clube. Voou de jatinho, treinou sob forte chuva e mostrou aos companheiros que estava ali para trabalhar. Ele não participou dos amistosos de pré-temporada, mas acompanhou de camarote o primeiro jogo do Campeonato Carioca, contra o Volta Redonda e o clássico com o Vasco.

Em ritmo de treinamento integral, Ronaldinho tratou de chegar o mais próximo de sua melhor forma física, com treinamentos técnicos e coletivos, em busca da recuperação de todo o seu talento, que desfilou por Grêmio, PSG, Barcelona, Milan e seleção brasileira. Foram 21 dias desde sua apresentação até o dia de sua estreia.

Ambientado, Ronaldinho já cultivou amizades, mas ainda não conseguiu curtir o Rio a sua maneira. O futevôlei ficou de lado. As noites não têm sido tão animadas como de costume. Ele ainda mora no hotel onde o time concentra, pois está em busca do lugar ideal para morar. O filho João, de cinco anos, segue na discrição e o jogador tenta se concentrarem recuperar o bom futebol para voltar a defender a seleção brasileira e, quem sabe, disputar a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, como que no seu canto do cisne.

“Eu me senti bem durante toda a preparação. Agora, estou muito melhor. Tudo está sendo feito dentro dos planos, pouco a pouco. Espero poder ajudar a equipe e dar alegria ao torcedor”, comentou Ronaldinho Gaúcho.

O técnico para o momento não poderia ser melhor. Foi Vanderlei Luxemburgo que o convocou pela primeira vez para a seleção brasileira e o colocou em campo em 1999, num amistoso com a Letônia. Ronaldinho foi titular e o Brasil venceu por 3 a 0. No jogo seguinte, começou no banco, entrou e fez um golaço na goleada de 7 a 0 sobre a Venezuela, pela Copa América.

AE
Ronaldinho treinou sob chuva com o Flamengo na terça-feira

O momento do time também ajuda. O Flamengo venceu seus primeiros quatro jogos na Taça Guanabara e lidera o Grupo A, com 12 pontos, enquanto o Vasco é o lanterna sem pontuar. O último jogo foi justamente contra o rival. A vitória por 2 a 1, com um golaço de Thiago Neves, só consolidou a boa fase.

Os jogadores também parecem dispostos a colaborar. Nos treinamentos, tentam fazer com que Ronaldinho participe ativamente e estimulam seus malabarismos com a bola. No último coletivo entre reservas e juniores, Ronaldinho começou a brilhar. No treinamento de terça-feira, entrou pela primeira vez no time titular, mas o temporal que desabou no Rio permitiu pouco tempo de contato.

Mas nada disso será capaz de impedir a festa. Com promessa de queima de fogos, novas bandeiras em homenagem a Ronaldinho e a volta olímpica do time campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, está tudo preparador para receber o novo ídolo. Falta apenas ele jogar futebol. E isso, parece que o Dente está disposto a fazer.

FICHA TÉCNICA – FLAMENGO x NOVA IGUAÇU

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Data: 2 de fevereiro de 2011, quarta-feira
Horário: 22h (Horário de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Lilian da Silva Fernandes Bruno e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá (ambos do RJ)

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, David e Renato (Egídio); Maldonado, Willians, Vander (Renato), Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves; Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

NOVA IGUAÇU: Diogo Silva, Paulo Henrique, Alex Moraes, Leonardo e Cortês; Amaral, Marquinhos, Diego Sabino e Alex Faria; Uallace e Maycon. Técnico: Josué Teixeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG