Volante levou o cartão vermelho na semana passada e pode ficar até seis jogos fora do time

Voltando de suspensão e vaga praticamente assegurada na equipe titular do São Paulo , o volante Denilson poderá pegar um gancho de até seis jogos por conta do cartão vermelho que levou contra Coritiba, quarta passada. O árbitro do duelo relatou na súmula que o jogador o ofendeu, complicando a situação do atleta no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que ainda não marcou a data do julgamento.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"Na realidade o jogo estava 4 a 0, depois tomamos três gols, e num momento do jogo acabei desabafando, mas não falei diretamente ao juiz. Se vocês verem meu histórico, nunca fui de falar nada para ninguém. Não estou com medo, até porque sei o que eu falei. Não falei para ofender o juiz, foi um momento quente da partida, nada contra o árbitro. Espero que o julgamento seja positivo e que entendam que foi um momento do jogo", disse Denilson.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

O jogador admitiu que na sua passagem de cinco temporadas pelo Arsenal, atuou mais como segundo volante, chegando com mais frequência ao ataque. No São Paulo, porém, Adilson Batista revelou que pretende utilizá-lo como primeiro volante, dando mais assistência ao setor defensivo.

Denilson no dia da sua estreia contra Atlético-GO
Vipcomm
Denilson no dia da sua estreia contra Atlético-GO
"Para mim, o mais importante é ajudar o São Paulo nas vitórias. Claro que a minha posição é como segundo volante, sempre joguei assim, principalmente no Arsenal. Na temporada passada, o Wenger (técnico do clube inglês) me usou como primeiro emalguns jogos. Mas tanto faz em uma ou outra, quero é sempre ajudar", disse o atleta.

Mesmo sem jogar do jeito que mais gosta, Denilson avalia que pode crescer dentro do time nesta posição mais recuada. "Na realidade estou gostando bastante de jogar como primeiro volante. Foi uma experiência boa na temporada passada, não era titular do Arsenal por sempre não estar bem fisicamente, tive uma lesão grave no púbis. Mas aqui, o Adilson ja conversou, quer me usar como primeiro volante", falou o atleta.

Denilson treinou entre os 11 iniciais durante a semana e deverá ser escalado por Adilson Batista no duelo desta quinta-feira, às 21h (de Brasília), no estádio do Morumbi. A partida será válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.