Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Denilson diz que torcedor é chato e defende Adilson Batista

Volante do São Paulo não acha justa as vaias que o treinador recebeu na derrota diante do Flamengo, no domingo

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Gazeta Press
Adilson teve que ouvir mais vaias no domingo
"Torcedor é chato, muito chato". Denilson não poupou críticas à torcida do São Paulo depois da derrota sofrida diante do Flamengo , neste domingo, no estádio do Morumbi. O volante não achou justas as vaias que Adilson Batista recebeu dos torcedores quando sacou Luis Fabiano para colocar Carlinhos Paraíba, mas disse entender o lado das arquibancadas.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"Mas os torcerores têm razão, eles pagam ingresso, têm direito de vaiar. Queria que eles soubesse o quanto o Adilson Batista é profissional, dorme aqui todos os dias. Claro que o resultado foi ruim pela derrota, mas mostramos garra e vontade. Chamar o treinador de burro é uma falta de respeito. As pessoas não sabem como ele se dedica ao clube", comentou Denilson.

O volante ainda tentou explicar a opção do treinador em colocar um volante na vaga do camisa 9, ao invés de manter o time ofensivo com Rivaldo, Marlos ou Henrique, que estavam no banco de reservas. "O Lucas foi expulso injustamente. Não houve falta no primeiro cartão. Ai dificultou no setor defensivo, o meio de campo ficou aberto. Então ele preferiu colocar o Carlinhos para ajudar a marcação e também ajudar no ataque", contou.

> Adilson rebate vaias da torcida e justifica a saída de Luis Fabiano do jogo
> Com Luis Fabiano em campo, São Paulo perde menos bolas no Brasileirão

Já o meio-campista Cícero preferiu ser mais político ao falar das vaias que Adilson recebeu neste domingo. "O torcedor está ali para ver um bom futebol. E ele viu isso no primeiro tempo. E é claro que quando time toma um gol, sobra para o treinador. Às vezes o torcedor não entende pela nossa vivência aqui. O torcedor tem que elogiar e criticar", avisou.

A chance de reabilitação do São Paulo será já nesta quarta-feira, contra o ameaçado Cruzeiro, em Sete Lagoas. Para este jogo, Adilson Batista não terá Lucas, suspenso e na seleção brasileira, além de Piris, que está com o Paraguai, e Wellington, suspenso. Bruno Uvini, Fernandinho e Cañete seguem lesionados.

Entre para Torcida Virtual do São Paulo e comente as declarações de Denilson

Leia tudo sobre: São PauloBrasileirão 2011DenilsonAdilson Batista

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG