Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Delegação do Benfica é atacada durante viagem

Equipe de Lisboa voltava de jogo contra o Paços de Ferreira. Carro do presidente foi atingido

iG São Paulo |

Reprodução
Presidente do Benfica recolhe seus pertences dentro do carro. Para-brisas soltou estilhaços
Na madrugada desta terça-feira, logo após a goleada sobre o Paços de Ferreira por 5 a 1, a delegação do Benfica foi atacada em uma emboscada na rodovia por onde passava, com destino a Lisboa. O ônibus e alguns dos carros da delegação do time foram atingidos por pedras, atiradas de um viaduto, ferindo o presidente do clube, Luís Filipe Vieira.

O dirigente estava em um carro logo atrás do ônibus da delegação que retornava de Paços de Ferreira, após o jogo isolado da 24ª rodada do Campeonato Português. Seu veículo foi atingido por um saco de pedras, ferindo-o levemente na mão e no lado esquerdo do rosto, assim como seu motorista.

A polícia e os bombeiros locais foram chamados e Vieira foi rapidamente atendido. Após os exames médicos, o cartola foi liberado para seguir viagem em outro automóvel, ao lado de Rui Costa, ex-jogador e hoje integrante da diretoria do Benfica.

Chateado, Luís Filipe Vieira pediu paz entre as torcidas e afirmou que não deseja comportamento semelhante dos torcedores benfiquistas: “Não pode ser esse 'vale-tudo'. Aqueles que acham que vale estão matando o futebol. É gente covarde, sem coragem de dar a cara. Só desejo que os benfiquistas mostrem que somos diferentes”, afirmou, em entrevista coletiva.

*com GE

Leia tudo sobre: Futebol MundialPortugalBenfica

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG