Texto da Lei Geral da Copa, aprovado na noite quarta-feira, prevê que negociação sobre bebidas será feita com os estados

selo

Bebidas já poderiam ter sido resolvidas, diz Del Nero
Gazeta Press
Bebidas já poderiam ter sido resolvidas, diz Del Nero
Novo representante do Brasil no Comitê Executivo da Fifa, Marco Polo Del Nero criticou o texto aprovado da Lei Geral da Copa que "deixa" com os Estados a definição sobre a venda de bebidas alcoólicas nos estádios do Mundial de 2014 . Segundo ele, o ideal era que a questão já fosse definida pelo Congresso Nacional.

Leia também: Sem liberação para bebidas, deputados aprovam Lei Geral da Copa

Na noite de quarta-feira, o Congresso finalmente aprovou a Lei Geral da Copa. Mas manteve uma indefinição no ponto mais polêmico do projeto: a venda de bebidas alcoólicas nos estádios. Na votação na Câmara, a proibição de comercialização presente no Estatuto do Torcedor foi suspensa apenas durante o Mundial de 2014 e a Copa das Confederações de 2013. Com isso, Estados e municípios que têm legislação próprias sobre o tema podem ter de alterá-las para atender à exigência da Fifa de que o comércio do produto seja permitido.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Del Nero, que nesta quinta-feira será empossado como membro do Comitê Executivo da Fifa, em substituição a Ricardo Teixeira, deixou claro que essa decisão do Congresso não era bem-vinda. "Poderiam ter definido tudo, né?", disse o dirigente, que também é presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF) e aliado político do novo presidente da CBF, José Maria Marin. "Isso vai ser mais um tema que teremos de resolver agora."

Confira ainda: Atraso na Lei da Copa emperra ingressos, plano de marketing e até mascote

A Fifa ainda não se pronunciou oficialmente sobre a aprovação da Lei Geral da Copa, mas não escondia que esperava que a votação na Câmara fosse o capítulo final da novela sobre a legislação relacionada ao Mundial de 2014, o que, pelo jeito, não acontecerá.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.