Atacante diz que está atuando como nunca jogou, fixo na área, e tenta não mostrar abatimento com vaias

Pelo seu passado e pela dimensão de sua contratação pelo clube mais popular no país, Ronaldinho Gaúcho é um dos raros casos em que um atleta chega como titular absoluto em um novo clube. Ninguém contesta essa condição que, no entanto, tem consequências. Criticado pela torcida, fato agravado pela ascensão de Wanderley, que pode lhe tomar a vaga de titular no Flamengo , Deivid tenta não mostrar abatimento e procura se adaptar rapidamente a uma função que diz nunca ter exercido: a de centroavante fixo na área. Já Renato, querido na arquibancada, foi deslocado para a lateral esquerda. Não reclama, mas admite que precisará descansar mais.

"É uma função diferente daquela que eu vinha pelo meio. É desgastante, porque você tem de entrar marcando e apoiando ao mesmo tempo. Mas gosto de fazer, gosto de ajudar a marcar, apoiar vindo de trás, então não há muita dificuldade. Agora, o cansaço vem. A receita é descansar, não sei quantos quilos eu perdi, mas o repouso é importante para estar novo no próximo jogo. Dou nota 10, melhor impossível. Engenhão lotado, da maneira que ele gosta de jogar, da maneira que todo jogador gosta de ver", disse Renato.

Um dos jogadores mais caros do elenco, Deivid ainda não agradou à torcida flamenguista
Vipcomm
Um dos jogadores mais caros do elenco, Deivid ainda não agradou à torcida flamenguista
Para Deivid, a questão é mais complicada. Trata-se de um dos jogadores mais caros do elenco e que, até o momento, não agradou a torcida. No ano passado, ele chegou 8kg acima do peso à Gávea e demorou a adquirir uma condição razoável de jogo. Este ano, com a pré-temporada, a forma física melhorou, mas outra dificuldade apareceu.

Camisa 9 de Vanderlei Luxemburgo, com quem anteriormente, ele desfruta de credibilidade com o técnico, mas está sofrendo para atender seu desejo. Com Ronaldinho Gaúcho e Thiago Neves no time, o treinador considera que Deivid deve ficar mais fixo na área, posição em que o atacante diz nunca ter atuado.

"Acho que a gente tem de dar conta do recado dentro do campo, fazer o que o treinador pede e é o que eu estou fazendo. O Vanderlei quer que eu jogue de uma forma totalmente diferente de como foi no Santos, no Corinthians e no Cruzeiro. Quer que eu fique fixo na área, não quer que eu saia para os cantos, e estou procurando atender. Estou tentando prender os dois zagueiro e abrir espaço para o Ronaldinho, o Thiago e o Vander", explicou.

Ao comentar as vaias que recebeu ao sair de campo, que começaram depois que não conseguiu completar um cruzamento feito por Ronaldinho, Deivid afirmou estar tranquilo pois sabe que tem a confiança de Luxemburgo. O técnico deverá mantê-lo como titular na próxima partida, contra o Boavista, no domingo.

"Estou tranquilo, sei a confiança que o treinador e os jogadores têm em mim. Sei que na hora de decidir, de jogar uma final, vou dar conta do recado. A cobrança sempre vem em cima de quem está lá na frente, de quem tem de fazer os gols, é a primeira vez que isso acontece comigo, mas espero vencer aqui como venci em outros times. Vou jogar meu futebol com tranquilidade", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.