Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Deivid diz não ter medo da pressão e que está preparado para as cobranças da torcida

Atacante, que tem quatro gols no Brasileiro, não marca desde o dia 16 de outubro, quando o Flamengo venceu o Internacional por 3 a 0

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

O atacante Deivid deve voltar ao time contra o Guarani, neste sábado, no Engenhão, depois de cumprir suspensão na derrota por 4 a 1 para o Atlético-MG na rodada passada. Com o Flamengo em crise e o ataque em fase ruim, ele se diz preparado para receber as cobranças.

Desde que foi contratado, Deivid disputou 16 jogos e marcou quatro gols, o mesmo número de Vagner Love, que participou apenas de cinco jogos no começo da competição. O artilheiro do time no Brasileiro é Petkovic, com cinco gols marcados

"Eu não corro do pau. Gosto muito do que escolhi para fazer na minha vida e não me escondo", avisou Deivid, disposto a acabar com a ameaça de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. "O ideal era a gente estar disputando o título com Corinthians, Cruzeiro e Fluminense. Mas nossa competição é diferente. Vamos com responsabilidade para enfrentar o Guarani", emendou.

O último gol de Deivid foi contra o Internacional, quando o Flamengo venceu por 3 a 0, no dia 16 de outubro. Coincidentemente, a última do time na competição. Já são cinco jogo sem vencer, com três empates e duas vitórias. "Não importa de quem vai ser o gol. Pode até ser do goleiro. O importante é que ele saia", comentou.

O Flamengo soma 40 pontos, três a mais do que o Guarani, que abre a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Faltam três rodadas para o fim da competição.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroflamengofutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG