Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Defesa de Jóbson já foi entregue ao TAS

Atacante do Atlético-MG vai ser julgado por dopping, mas se mostra confiante no resultado do processo

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Divulgação
Julgamento de Jóbson ainda não tem data marcada
O prazo final para a entrega da defesa do atacante Jóbson junto ao Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) foi nessa terça-feira. Defendido por um escritório de advocacia, contratado pelo Botafogo, o jogador do Atlético-MG se mostra tranquilo diante da situação.

“Estou preparado. Sei que ando fazendo as coisas certas. Deus já está com esse caso desde o inicio, quando peguei seis meses. Espero terminar com sucesso. Se depender de mim, estou bem fora de campo, agora é dar resultado em campo. Está nas mãos dos advogados, do Botafogo, do Atlético e da Traffic. Eles estão preparados para a defesa”, disse Jóbosn, que não quer ficar mais tempo sem jogar. Para ele, o seis meses de suspensão em 2010 foram suficientes.

“Acho que não tenho que pagar mais por nada. O que tinha que pagar, já paguei. Peguei seis meses, foi muito ruim”.

Jóbson foi pego no exame anti-dopping, na reta final do Campeonato Brasileiro de 2009, quando atuava pelo Botafogo. Depois de ser punido por seis meses, o atacante voltou a jogar. Em 2011 ele foi emprestado ao Atlético-MG, onde está desde janeiro. Em três meses na nova equipe, Jóbson atuou somente cinco vezes e marcou dois gols.

Embora o Atlético-MG não revele todos os detalhes do contrato, o clube mineiro informou que não vai ser prejudicado em caso de uma nova suspensão de Jóbson. Para contar com o atacante, o Atlético-MG pagou R$ 300 mil pelo empréstimo de um ano.

Leia tudo sobre: Atlético-MGJóbson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG