Tamanho do texto

Com 43 pontos, Portuguesa enfrenta o Barueri com dois pontos de vantagem para o Náutico, vice-líder

Líder da Série B, a Portuguesa tenta evitar a aproximação de seus rivais que também lutam por uma vaga no acesso. Para o zagueiro Mateus, agora faltando 16 rodadas para o fim da competição, a Lusa precisa entrar ainda mais atenta nas próximas partidas que disputar.

"Vamos ter que entrar bem atentos para não sermos surpreendidos. Cada jogo agora vai ser uma final de campeonato. Às vezes um jogo com quem está na parte debaixo da tabela é mais complicado do que um jogo com quem está brigando pelo acesso", explicou o defensor.

O rival desta terça, o Barueri , está na zona intermediária da tabela - 12ª colocação -, porém mais próximo do grupo dos quatro piores, cinco à frente, do que o G-4, que já está oito pontos distante.

Ainda para Mateus, assim como um ponto aos que lutam para se manter na Segundona é importante, perder pontos no Canindé para a Portuguesa pode definir a situação do time no Brasileiro.

"Qualquer pontinho somado por quem está próximo do rebaixamento pode fazer a diferença no final do campeonato. Isso vale para nós também, qualquer ponto perdido no Canindé pode fazer diferença lá na frente."

Ainda sem confirmar quem substitui Guilherme - Ivo , Cleiton e Henrique lutam pela vaga - o time rubro-verde tenta manter-se mais uma rodada na liderança da Série B. Para isso, a Lusa não pode perder para o time de Barueri, às 20h30 (de Brasília), no estádio do Canindé.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.