Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Deco supera lesões para ser referência do Flu na Libertadores

Com acompanhamento especial, diretoria aposta no meia como fator de desequilíbrio na competição

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Enviar ‘espiões’ para observar os jogos dos adversários, escalar um time reserva no Campeonato Carioca e contratar jogadores de peso. O planejamento do Fluminense para o primeiro semestre desta temporada tem um objetivo bem claro: conquistar pela primeira vez a Copa Libertadores. E além do conjunto forte, a comissão técnica aposta em um jogador em especial para ser o ponto de desequilíbrio do time na competição.

Leia mais: Revelado pelo Corinthians, Deco descarta 'coração dividido' na final

Não se trata do meia Thiago Neves, que chegou por um valor milionário após uma longa novela com Flamengo e Al Hilal. Nem mesmo Fred, que terminou o último Campeonato Brasileiro na vice-artilharia, com 22 gols. Apesar da importância dos outros jogadores, é do meia Deco, de 34 anos, que a diretoria espera um toque diferente durante a competição sul-americana. E vem preparando o jogador para isso.

Acompanhamento especial
Com histórico de lesões desde que chegou ao Fluminense – foram nove ao todo -, Deco tem realizado programas especais com o preparador físico Cristiano Nunes. O trabalho é feito sob medida para que o jogador não tenha um problema por esforço excessivo e também chegue aos jogos em forma, sem apresentar uma condição inferior aos companheiros. 

Veja mais: Com Deco e Thiago Neves, Flu treina pesado nas Laranjeiras

“Claro que uma vez que existe algum histórico de lesões, este aspecto passa a ser prioridade na preparação e isso vem sendo desenvolvido com o Deco e com o Fred. A manutenção da força muscular é importante. Todos podem se lesionar, mas queremos trabalhar para termos um índice pequeno”, declarou Cristiano Nunes.

Photocamera
Deco (à esq.) e Thiago Neves aprimoram a parte física em treino do Flu


Na última segunda-feira, enquanto os titulares realizavam um treinamento físico no campo das Laranjeiras, Deco apenas trabalhou reforço muscular na academia. Já na manhã da última terça-feira, novamente o jogador realizou reforço, enquanto os outros jogadores participavam de um treinamento tático em campo. Porém, quando é exigido nos treinos físicos, o jogador demonstra total aplicação. Em Mangaratiba, durante a pré-temporada, foi um dos destaques nos trabalhos aeróbicos e ganhou elogios do técnico Abel Braga pela forma.

Qualidade técnica
Enquanto brincava com o roupeiro Denílson no campo das Laranjeiras após mais um dia de treinamento, lançando de uma longa distância a bola com precisão nos pés do funcionário do clube, Deco era observado por um dirigente do Fluminense. A qualidade técnica do jogador é reconhecida no elenco e na diretoria.

Veja também: Duelo entre maiores campeões marca final da Copinha

“Ninguém tem a habilidade do Deco no nosso time. Nem mesmo o Thiago Neves, que é um ótimo jogador, mas não tem a mesma técnica. Ele faz coisas que a gente fica de boca aberta. Se estiver bem fisicamente, tem tudo para ser o ponto de desequilíbrio ao nosso favor”, disse um membro da diretoria que não quis se identificar.

Para Deco, que considerou se aposentar em 2011 após uma sequência de lesões, a chegada do preparador físico teve grande importância na recuperação de seu futebol e confiança.

Leia mais: Sóbis elogia reservas e admite pressão para os titulares do Flu

“Acho que uma coisa se uniu a outra, procurei me preparar melhor, buscar alternativas. Da parte do Cristiano, ele teve uma sensibilidade muito grande para evitar que eu tivesse problemas. Não só ele, mas toda comissão está relacionada ao meu sucesso. Sempre disse que era só ter uma regularidade em campo que o restante aconteceria normalmente”, afirmou o meia do Fluminense.

Leia tudo sobre: fluminensedecocopa libertadores 2012abel braga

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG