Lesão foi na parte posterior da coxa direita do meia. Sem chances, zagueiro André Luís pede dispensa

Sem poder contar com Leandro Euzébio , a comissão técnica do Fluminense teve mais uma baixa nesta terça-feira. O exame de imagem realizado por Deco nesta terça-feira acusou um estiramento grau um na parte posterior da sua coxa direita e o jogador não tem previsão de retorno. Sem o meia, Souza deverá mesmo ganhar uma oportunidade contra o Bahia , sábado, no Engenhão.

Após um sequência de três jogos consecutivos e um início de Brasileirão animador, Deco se lesionou ainda no primeiro tempo da derrota por 2 a 0 para o Corinthians, domingo, no Pacaembu , pela quarta rodada da competião.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

A buxa está mesmo solta nas Laranajeiras. Sem Leandro Euzébio , Deco, Araújo e Rodriguinho , todos lesiados nos últimos cinco dias, o técnico Abel Braga também vai ficar sem o zagueiro André Luís. Sem jogar desde fevereiro, no empate de 2 a 2 com o Argentinos Juniors, ainda pela fase de grupos da Libertadores , o jogador se reuniu com os dirigentes do Fluminense na tarde desta terça-feira e pediu dispensa do clube.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

Em março, quando campeão brasileiro ainda era dirigido por Muricy Ramalho , André Luís foi liberado pela diretoria para negociar com um clube da Coréia do Sul . No entanto, como a negociação não vingou e o Fluminense acabara de perder Leandro Euzébio e Digão , machucados, o jogador como ainda tinha vínculo com o clube acertou seu retorno.

De lá para cá, porém, o zagueiro jamais foi aproveitado. O então interino Enderson Moreira preferiu improvisar o volante Edinho na posição do que utilizar André Luís. A paciência do jogador parece ter se esgotado com a chegada de Márcio Rosário, contratado a pedido de Abel Braga. O zagueiro vai treinar à parte nas Laranjeiras enquanto não encontra um novo clube para trabalhar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.