Jogador lamenta lesões, enaltece qualidade do meia argentino e afirma que disputar a Libertadores será uma experiência diferente e especial na carreira

Contratado com status de craque internacional, Deco desembarcou nas Laranjeiras para comandar, ao lado de Conca e Fred, o Fluminense rumo ao bicampeonato brasileiro. Mas uma contratura na coxa o tirou de combate por mais de um mês e atrapalhou os planos da comissão técnica e do próprio jogador. Sem poder ajudar como gostaria, o meia elogiou o elenco durante o tempo em que ficou fora mas fez questão de apontar Conca como o grande nome do Campeonato Brasileiro.

Acho que ele pode ser considerado o melhor do Brasileirão por tudo que ele fez na competição. Foi um jogador regular, disputou todos os jogos e segurou a barra do time quando perdemos jogadores importantes lesionados. Ele fez gols importantes, deu passes para tantos outros e liderou a equipe nos momentos mais difíceis, afirmou Deco.

Mas embora reconheça a importância de Conca na campanha do Fluminense até o momento, Deco mostrou certa irritação quando perguntado qual seria o grau importância dele e de Fred numa eventual conquista.

O que você acha? Futebol é um esporte coletivo e numa conquista todos são importantes. Desde o Conca que foi decisivo e jogou todos as partidas, até aqueles que jogaram pouco, passando pelas pessoas que não entram em campo. Eu acho que dei minha contribuição e se o Fluminense for campeão, paritcularmente, será um título diferente e especial para a minha carreira, explicou o jogador.

Bicampeão da Liga dos Campeões pelo Porto e pelo Barcelona e com duas Copas do Mundo no currículo, Deco admite que vai viver uma experiência nova e gratificante com a disputa da Libertadores em 2011.

A Libertadores vai ser diferente para mim. Será uma experiência nova e muito legal na minha carreira. De um tempo para cá a competição ganhou uma dimensão muito maior e se tornou prioridade para os clubes da América do Sul como acontece na Europa com a Liga dos Campeões, assegurou Deco.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.