Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Deco e Diguinho seguem sem previsão para voltar aos gramados

Meia e volante do Fluminense devem ficar pelo menos mais duas semanas entegues à fisioterapia

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

O departamento médico do Fluminense já não anda tão lotado como em outras épocas, mas os quatro jogadores que seguem se recuperando de lesão continuam sem previsão para retornar aos gramados. Os atuais pacientes são os atacantes Matheus Carvalho e Araújo, com lesões musculares na coxa direita, o volante Diguinho, com um estiramento na coxa esquerda, e o meia Deco, com uma lesão na panturrilha direita.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos

As situações de Diguinho e Deco, que se contundiram na mesma semana, seguem imprevisíveis. O primeiro, que sofreu uma lesão mais séria, deverá levar pelo menos mais duas semanas na fisioterapia antes de ser liberado à preparação física.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Embora a contusão de Deco tenha sido menos grave, o histórico do jogador pesa contra ele e, por isso, todo cuidado por parte do departamento médico do clube é pouco. Clinicamente bem, a tendência é que o jogador seja liberado à preparação física em duas ou três semanas.

Aparentemente, o caso que menos preocupa é o de Matheus Carvalho. Fora da equipe desde o jogo contra o Atlético-MG, o atacante já começou a fazer alguns exercícios físicos e deverá ser liberado para a fase final da preparação física até o fim da semana que vem.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Já o caso de Araújo, que se queixou de dores após a derrota, por 2 a 1, para o Grêmio, em Porto Alegre, também não é dos mais graves. No entanto, o jogador ainda não começou o trabalho físico e deverá demorar um pouco mais para começar a trabalhar com bola.

 

 

 

 

 

Leia tudo sobre: Brasileir]ão 2011FluminenseDiguinhodeco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG