Irritado com pergunta sobre aposentadoria, meia afirma que a hora de encerrar a carreira é problema seu

A cada volta ao time do Fluminense , Deco sempre é obrigado a responder se a série de lesões foram oito, que vem sofrendo desde que voltou ao futebol brasileiro pode apressar sua aposentadoria. Incomodado com a pergunta, o meia disse nesta terça-feira que tem contrato com o clube das Laranjeiras até agosto de 2012 e pretende cumpri-lo até o fim.

“Entre para a Torcida Virtual do FluminenseE e convide seus amigos”

“Isso é um problema meu. Lesão todo mundo tem e infelizmente tem acontecido comigo com mais frequência. Se todo jogador que se machucar pensar em parar....Eu tenho contrato até o ano que vem com o Fluminense e a minha ideia é cumprir. Se em algum momento eu perceber que não consigo jogar no nível que quero, eu serei o primeiro a tomar a decisão de me parar”, afirmou, visivelmente irritado, o jogador.

A intenção de Deco pode até ser cumprir seu contrato com o clube até o final, mas não há como esconder o descontentamento por parte de alguns dirigentes com as oito lesões musculares - mesmo número de sua maior sequência de jogos - que o jogador sofreu desde que assinou com o Fluminense.

Por mais de uma vez, inclusive, existiram boatos de que o camisa 20 poderia até rescindir amigavelmente com o clube. Ciente disso, o jogador deu a entender durante a entrevista que o fim de sua carreira pode até ser longe das Laranjeiras.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

“Aonde eu vou jogar no fim do ano sou eu que vou decidir e não vai ser ninguém”, afirmou o meia luso-brasileiro, que realizou um trabalho específico com o fisioterapeuta Fábio Marcelo nesta terça-feira, nas Laranjeiras, e estará em campo contra o Palmeiras .

"Estou me sentindo bem. Treinei durante a semana passada e não senti nada no jogo. Fiz um trabalho de fortalecimento muscular e espero jogar contra o Palmeiras", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.