Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Deco afirma que bom ambiente está voltando ao Fluminense

Após criticar falta de comando, meia diz que chegada de vice e confirmação de Abel devolveram a paz

Marcello Pires, iG Riode Janeiro |

Após afirmar há exatas duas semanas que faltava comando e serenidade para trabalhar no Fluminense devido aos problemas políticos que atormentaram o clube no primeiro semestre, Deco disse nesta terça-feira que a chegada do vice-presidente Sandro Lima e a confirmação do nome de Abel Braga como novo treinador, que será apresentado dia 8 de junho, aos poucos estão devolvendo a paz às Laranjeiras.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Mais do que isso, o meia elogiou o esforço da diretoria em melhorar as condições de trabalho para os jogadores e disse que o bom ambiente está voltando ao Fluminense, dando a entender que em algum momento do primeiro semestre a harmonia andou longe das Laranjeiras.

“A diretoria tem feito o que pode para nos dar tranqüilidade. Contratou um dos melhores treinadores do Brasil e vem melhorando aos poucos nossas condições de trabalho. Estamos numa situação transitória, mas temos de fazer a nossa parte. O ambiente está voltando a ficar bom e agradável de trabalhar novamente, como era antes”, explicou o luso-brasileiro.

Após a resposta, Deco foi questionado, então, se em algum momento o ambiente chegou a ficar pesado após as saídas do técnico Muricy Ramalho, do então vice de futebol Alcides Antunes e do atacante Emerson, além dos fracos resultados dentro de campo que resultaram nas eliminações no Carioca e na Libertadores.

“Não que estivesse ruim, mas as coisas estão melhorando. Eu gostava do Emerson e fiquei triste pela saída dele. Mas o futebol é assim, dinâmico. Quando falo do ambiente é porque infelizmente tivemos um primeiro semestre conturbado. A diretoria tem se esforçado fora de campo e as vitórias precisam voltar a acontecer para que tudo volte ao normal. O ambiente precisa ser recuperado o mais rapidamente possível. Quando as coisas estão bem se respira melhor”, explicou.

Sobre os elogios do técnico Abel Braga e os aplausos dos torcedores após ser substituído na derrota de 2 a 0 para o São Paulo, na estreia do Brasileirão, Deco se mostrou indiferente. E a razão parece ser bem simples.

“Receber elogios é sempre bom. Mas de que adianta eu jogar bem e o time não ganhar? Isso é relativo. O que me importa é o resultado do Fluminense. Claro que é bom ser elogiado pelo treinador que vai assumir a equipe, mas não voltei para casa feliz porque fui aplaudido. Sempre gostei de vencer e aprendi que nada se conquista sozinho. Não quero jogar bem e ver meus companheiros serem vaiados, pois amanhã pode acontecer o mesmo comigo”, disse o meia.
 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011Fluminensedeco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG