Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Declarações de Caio Júnior causam desconforto internamente

Conselheiros do Botafogo não gostaram do treinador culpar jejum de títulos por derrota e pressão

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Mais que a derrota de 1 a 0 para o Figueirense no último sábado, a primeira do Botafogo no estádio Engenhão neste Campeonato Brasileiro, as declarações do técnico Caio Júnior na coletiva de imprensa após o jogo repercutiram mal nos corredores de General Severiano e com a torcida da equipe carioca. O iG apurou que conselheiros e funcionários ficaram irritados com as afirmações do treinador, que já não conta com total aprovação de alguns dirigentes.

LEIA TAMBÉM: Botafogo é o quarto colocado no Brasileirão. Veja a tabela atualizada

Após a partida contra o Figueirense, Caio Júnior comentou o fato da torcida ter vaiado o time desde os cinco minutos de jogo, quando a equipe carioca sofreu o gol. O treinador afirmou que a pressão pela falta de um título brasileiro desde 1995 atrapalha o clube em alguns momentos. Para os funcionários ouvidos pelo iG, o treinador não admite a responsabilidade pelos tropeços, desviando o foco das derrotas.

VEJA TAMBÉM: "Não quero me envolver", diz Loco Abreu sobre irmã em reality show

"A gente tem de analisar profundamente por que há 16 anos o Botafogo fica nesse quase, nessa situação e até já disputou rebaixamento. Não é fácil trabalhar o emocional dos jogadores com vaias. Conseguimos formar uma equipe muito forte nesse aspecto, mas mesmo os mais fortes emocionalmente sentem", disse o técnico Caio Júnior após a derrota. E  completou.

LEIATAMBÉM: Batendo recordes, Loco já é visto como maior estrangeiro do Botafogo

"Se criou um clima tenso, um clima nervoso, é normal de uma torcida que não ganha um Campeonato Brasileiro há 16 anos. Influencia os jogadores, causa uma tensão, uma ansiedade terrível durante a partida. Torcedor é paixão, seria muito pior se estivessemos disputando o rebaixamento e sendo xingados. O Botafogo já viveu muito isso aqui, e acho que não muda muito a reação do torcedor, se você está disputando o rebaixamento ou o título", finalizou o treinador.

Relação estremecida
A falta de paciência da torcida com alguns jogadores ou mesmo com a equipe já havia sido criticada pelo treinador no primeiro turno. Ele chegou a pedir para que os botafoguenses que vaiavam não fossem ao estádio. As reclamações de Caio Júnior criaram uma situação de atrito e agora os xingamentos acontecem ao primeiro sinal de derrota da equipe carioca.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"É isso que a gente quer, que as pessoas mudem de opinião. Queremos mudar esse perfil de só ter vaias. Aquele que não quer ajudar, não quer colaborar com o próprio time, melhor que nem venha ao estádio", disse o treinador do Botafogo após a vitória de virada sobre o Coritiba, na quarta rodada do Campeonato Brasileiro.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e comente a declaração do técnico Caio Júnior

Leia tudo sobre: BotafogoBrasileirão 2011Loco AbreuCaio Júnior

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG